Leia este artigo em:

Como será a recuperação da produção suína da China?

Chaves para entender quanto tempo levará a China a restaurar a produção de porcos

6ª feira 25 Outubro 2019 (há 1 meses 15 dias)
2 gosto

Muitos analistas se equivocaram ao prever mudanças no preço dos porcos na China causadas pela Peste Suína Africana devido a um mal-entendido do impacto da redução do efectivo. Esperavam que os preços na China disparassem logo após o primeiro surto em Agosto de 2018, mas foi somente no início de Maio de 2019 que os preços começaram a subir acentuadamente (Entender o tradicional ciclo do porco é a chave para saber como os preços globais serão afectados pela PSA na China). A razão para esse atraso na escalada de preços foi que, durante o Outono e o início da Primavera, o mercado chinês foi saturado por porcos de abate regulares e, a essa produção, foram adicionadas, muito gradualmente, os animais reprodutores e os de engorda, enviados para matadouro à medida que a PSA se alastrou a todo o país.

Quando a PSA era detectada numa área, alguns produtores vendiam a totalidade dos seus animais porque previam que as autoridades poderiam acabar por os sacrificar, eliminando-os da cadeia alimentar. Em caso de eliminação, apenas teriam obtido uma compensação oficial que não seria apenas incerta, mas muito inferior ao preço de mercado. Noutros casos, as explorações foram esvaziadas nas primeiras mortes, antes da doença se espalhar para a restante produção. Às vezes, esses animais permaneciam na cadeia alimentar e, portanto, impediam aumentos de preços. No entanto, em Junho deste ano, a doença estendeu-se e o abate de animais saudáveis já tinha sido concluído. No entanto, tentativas fracassadas de repovoamento continuaram a fornecer animais ao mercado, embora não o suficiente para compensar a escassez que começou a alargar-se por todo o país.

É possível rastrear a propagação da doença em todo o país, interpretando os preços. Se analisarmos o preço diário de diferentes regiões da China, as acentuadas quedas de preços indicaram novos surtos de PSA. Isso ocorreu devido a vendas inesperadas de animais para recuperar o valor, antes que as autoridades decretassem o despovoamento da área.

De maneira semelhante, pode ser observada a evolução do repovoamento na China, seja bem-sucedido ou não, analisando tanto os preços como a produção total. Existem dois pontos que determinam o preço do porco e o ciclo de produção que a PSA segue. O primeiro, tanto para produtores como para empresas, é quando aumentar a produção (ou, nesse caso, repovoar), que é uma decisão arriscada que nem todos tomam ao mesmo tempo. O conjunto de decisões ao longo do tempo forma uma distribuição e, em geral, pode ser optimista (devido à alta previsão de preço / benefício) ou céptica e "esperar para ver", o que atrasa o repovoamento até que haja evidências de que, para outros, correu bem. O gráfico mostra essas duas distribuições potenciais no topo do "MBA square", que é uma ferramenta para ilustrar a combinação de duas possibilidades.

Gráfico 1. São descritos quatro padrões diferentes de repovoamento do efectivo suíno dependendo de quando se tomam as decisões de repovoamento (precoce/tardio: parte superior do gráfico) e o tempo necessário para restaurar totalmente a produção (um-poucos/várias tentativas isquerda do gráfico). As distribuições de probabilidade acumulada do tempo de recuperação são mostradas nas linhas a vermelho e as linhas pontilhadas a vermelho, mostram o número de meses necessários até atingir 80% do repovoamento.
Gráfico 1. São descritos quatro padrões diferentes de repovoamento do efectivo suíno dependendo de quando se tomam as decisões de repovoamento (precoce/tardio: parte superior do gráfico) e o tempo necessário para restaurar totalmente a produção (um-poucos/várias tentativas isquerda do gráfico). As distribuições de probabilidade acumulada do tempo de recuperação são mostradas nas linhas a vermelho e as linhas pontilhadas a vermelho, mostram o número de meses necessários até atingir 80% do repovoamento.

O segundo ponto importante, uma vez tomada a decisão de quando repovoar, é se será bem-sucedido rapidamente ou se serão necessárias várias tentativas de repovoamento até que o nível de produção anterior seja restaurado. Essas duas possibilidades estão representadas nas distribuições no lado esquerdo do “MBA square”. Dentro dos quatro quadrados, as combinações matemáticas são mostradas de acordo com o momento em que se decide repovoar e o tempo necessário para restaurar a produção.

Na caixa superior esquerda, vemos uma distribuição de repovoamento "bimodal" que ilustra o padrão de recuperação da produção se a maioria dos produtores escolher um repovoamento precoce mas não obtêm sucesso imediato. Os dois picos representam duas ondas de aumento da produção, sendo o segundo o grupo de repovoamento após as primeiras falhas. Da mesma forma, a caixa superior direita mostra decisões de repovoamento posteriores ou cautelosas, mas também com muitas falhas que envolvem o repovoamento múltiplo para muitos produtores antes de restaurar a produção em todo o país.

Na caixa inferior esquerda, ilustramos o melhor cenário possível, com repovoamentos antecipados e muitos deles bem-sucedidos e, na caixa inferior direita, mostramos um início tardio, mas com sucesso.

Lembre-se de que esses gráficos foram construídos usando prazos hipotéticos, mas razoáveis, portanto, apenas pretendem mostrar possíveis padrões em vez de prever o que acontecerá na China. Esperamos sinceramente que a recuperação da China seja rápida e bem-sucedida. Muitos investimentos estão a ser feitos no repovoamento da reprodução, mas também em instalações, estruturas regionais e nacionais de biossegurança. Vejamos os preços, porque eles serão a imagem invertida no gráfico do retorno à produção. Por outras palavras: quando a produção aumenta, os preços caem e vice-versa. Agora estamos preparados para conquistar os "profissionais" na análise dos sinais económicos que saem da China e o que eles realmente significam para a normalização da produção.

ver mais artigos relacionados com o artigo

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags