Realizado por SIP Consultors

Simulador de custos

Esta ferramenta realiza uma simulação dos custos para cada fase de produção e, de forma complementar, apresenta resultados da margem de venda.

Este simulador permite realizar as seguintes operações:

    Calcular o custo de produção a partir dos teus dados.
    Comparar os teus dados com os dados de referência.
    Avaliar em que medida a variação de um parâmetro afecta o custo total de produção e, em consequência, a margem.

Complementarmente apresenta a margem de venda, por kg vivo e porca-ano.

Objectivo

Esta ferramenta realiza uma simulação dos custos para as três fases de produção: mães, baterias e engorda. Fornece um resultado triplo:

 
1. Calcula o custo de produção a partir dos teus dados.
2. Compara o coste obtido com um custo de referência.
3. Analisa a sensibilidade de cada parâmetro: em que medida afecta a variação de um parâmetro o custo total de produção.

Complementarmente apresenta a margem de venda, por kg vivo e porca-ano.


Condições de simulação

Esta ferramenta de simulação de custos está orientada para calcular o custo para produção de animais de carne, nas condições comerciais habituais em Portugal.

Os valores de Referência foram determinados a partir dos dados reais da base de dados da SIP Consultors.

Tanto nas baterias como na engorda, para estabelecer os valores de referência em crescimento, consumo e preço de ração, utilizam-se umas tabelas de evolução, que consideramos razoáveis, mas que podem variar de forma importante segudo as condições de cada exploração (instalações, maneio, genética, características da ração, nível sanitário, etc).

O procedimento utilizado para calcular o custo de produção, a partir dos parâmetros, é um procedimento contrastado que segue critérios determinados, e com o que se obtém um resultado final razoável.

Logicamente, podem seguir-se outros procedimentos para calcular o custo a partir dos parâmetros, e o resultado final pode diferir, ainda que as diferenças não deveriam ser significativas.


Passos a seguir

Apresentam-se os parâmetros com o valor de referência (valores para condições que podem considerar-se normais) e o custo de produção, correspondentes a estes valores de referência. No caso das baterias ou engorda, os valores de referência estão ajustados ao peso do animal que se introdoziu.

Passo 1- Para os parâmetros que se deseje, introduzem-se valores de simulação (diferentes dos de referência). Para os parâmetros que NÃO se introduza valor de simulação, o sistema utilizará o valor de referência.

Passo 2- Cada vez que passamos o rato de célula ou ao clicar sobre o botão CÁLCULAR calcula-se e apresenta:

a) o custo com os parâmetros de simulação
b) as diferenças entre o custo calculado com os 2 conjuntos de parâmetros (parâmetros de referência e de simulação).

Podem-se repetir os passos 1 e 2 tantas vezes quantas seja necessário.

Clicando no botão "IMPRIMIR" obteremos uma versão em papel com a mesma informação que se apresenta no monitor além de informação sobre os custos agrupada por rubrica de custo (fármacos, fixos, ração, cobrição e reposição).

Como interpretar a informação

O seguinte quadro apresenta o esquema de distribuição dos dados e informação no ecrân :

PARÂMETROS
A- Parâmetros de REFERÊNCIA B- Parâmetros de SIMULAÇÃO C- Variação do custo para cada parâmetro

 

RESULTADOS DE CUSTOS
D- Custo correspondente a parâmetros de REFERÊNCIA E- Custo correspondente a parâmetros de SIMULAÇÃO F- Variação do custo

 

VENDAS E MARGEM
G- Preço de venda e margem correspondente à REFERÊNCIA H- Preço de venda e margem correspondente à SIMULAÇÃO I- Variação do preço de venda e da margem


A- Parâmetros de REFERÊNCIA. Apresenta valores que podem considerar-se normais no sector. No caso das baterias e da engorda são valores ajustados ao peso de entrada/saída do animal.

B- Parâmetros de SIMULAÇÃO. É a coluna onde se introduzem os valores para os que se quer simular um custo. No caso de que não se introduza nenhum valor de simulação, será utilizado o valor de referência.

C- Variação do custo para cada parâmetro. Esta coluna apresenta a variação de custo que provoca cada parâmetro, independentemente dos demais. Ou seja, que variação no custo provoca a diferença entre o valor de referência e o valor de simulação num parâmetro concreto (análise de sensibilidade).

O cálculo dessa variação realiza-se utilizando o valor de referência para o resto dos parâmetros.

D- Custo correspondente aos parâmetros de REFERÊNCIA por porca-ano, leitão/porco e kg de peso vivo.

E- Custo correspondente aos parâmetros de SIMULAÇÃO por porca-anño, leitão/porco e kg de peso vivo. Para os parâmetros de simulação que não foram introduzidos, será utilizado o valor de referência.

F- Diferença do custo correspondente aos valores de referência e o correspondente aos valores de simulação.

Quando a variação supõe um custo maior o resultado aparece a cor encarnada, e quando supõe um custo menor aparece o resultado a cor azul.

G- Preço de venda de referência (Mercolleida, kg peso vivo) e margem obtida com os valores de referência.

H- Preço de venda simulado e margem de venda obtida com os valores de simulação.

I- Diferença do custo correspondente aos valores de referência e o correspondente aos valores de simulação.

Definições de parâmetros
 

PA = porca-ano
Referido sempre à porca produtiva (a partir da 1ª cobrição)
Peso entrada
Peso do leitão entrado nas baterias ou na engorda
Peso saída
Peso do leitão/porco produzido em cada fase
Fixos lugar-ano
Valor dos custos fixos anuais, por cada lugar (de porca produtiva, de baterias ou de engorda)
Custos fixos: pessoal, manutenção, energia, amortização económica, custos financeiros,efluentes, administração, serv. técnicos, etc.
Ocupação %
Percentagem de ocupação das instalações, relativamente à ocupação óptima
Estada-dias
Dias de estada (na fase) necessários para atingir o peso de saída (baterias, engorda)
Fármacos
Gasto em fármacos (de todo tipo) por PA, por leitão e por porco
Ração-consumo/IC
Consumo de ração por PA. Índice de conversão na transição e engorda
Ração-preço
Preço médio do kg de ração de cada fase
Ração por porco
Consumo de ração de porcas (gestação, lactação) por cada leitão desmamado
Consumo de raçãoo por leitão/porco nas baterias/engorda
Mortalidade %
Mortalidade nas baterias, engorda
Partos PA
Partos anuais por porca produtiva

Desmamados /parto

Número de leitões desmamados por parto
Desmamados PA
Produção anual de leitões desmamados por porca produtiva
Reposição PA
Gastos anuais de reposição por porca produtiva (está descontado a receita obtida com a venda de porcas de refugo)
Cobrição PA
Gastos anuais com a cobrição, por porca produtiva.
Custo PA
Custo anual de uma porca produtiva, por todos as rubricas
Custo leitão-porco
Custo de produção do leitão ou porco, em cada fase
Custo por kg
Custo de produção por kg (vivo), em cada fase
Preço vda (€/kg vivo)
Preço de venda de referência da Bolsa do Montijo em kg carcaça ao que se aplica um factor de rendimento de 75%. Actualiza-se semanalmente.
Desconto por kg
Desconto que se realiza relativamente ao preço de venda.
(Preço real por kg produzido = preço venda - desconto por kg)
Margem por kg
Margem económica obtida por kg vivo
Margem porca-ano
Margem económica obtida por cada porca produtiva ao ano.
Note-se que para este cálculo considera-se o preço de venda semanal como constante ao longo do ano.
sipReprodutorasBateriasEngorda
RefSimDifRefSimDifRefSimDif
Peso entrada
Peso saída
Fixos lugar-ano (€)
Ocupação
Estada-dias
Ciclos anuais
Fármacos (€)
Ração-Consumo
Ração-preço
Ração por porco (kg)
Mortalidade
Partos porca-ano
Desmamados/parto
Desmamados porca-ano
Reposição porca-ano (€)
Cobrição porca-ano (€)
Custo porca-ano
Custo leitão-porco
Custo por kg
Preço venda (€/kg vivo)
Desconto por kg (€)
Margem por kg
Margem porca-ano