Leia este artigo em:

Sobem as previsões da produção mundial de cereais

A FAO subiu o seu prognóstico para a produção mundial de cereais em 2018 para 2601 milhões de toneladas, devido, essencialmente, a maiores estimativas de produção de trigo no Canadá e na China. Não obstante, o novo prognóstico ainda se mantém 2,1% abaixo do nível récord atingido em 2017.

2ª feira 12 Novembro 2018 (há 9 meses 6 dias)
gosto

Está previsto que a produção mundial de arroz supere em 1,3% este ano, o récord histórico do ano passado, atingindo os 513 milhões de toneladas, de acordo com a última Nota Informativa da FAO sobre a oferta e a procura de cereais.

Agora prevê-se que a produção mundial de trigo em 2018 seja de cerca de 728 milhões de toneladas, com uma descida de 4,3% relativamente ao ano anterior. Actualmente, no Hemisfério Norte, está-se a semear o trigo para a colheita de Inverno, que será colhido em 2019. Na União Europeia, nos Estados Unidos e na Índia espera-se que os preços, em geral mais altos, estimulem um aumento nas sementeiras.

A produção mundial de cereais secundários prevê-se que seja de 1360 milhões de toneladas, uma redução de 2,2% relativamente a 2017. As colheita de cereais secundários estão a ser semeadas agora nos países do Hemisfério sul e as perspectivas iniciais indicam um aumento das plantações de milho na América do Sul.

A FAO calcula que a utilização mundial de cereais aumente 0,2%, para atingir um récord de 2653 milhões de toneladas, impulsionada por uma maior utilização de milho para a indústria e produção de rações, em especial na China e nos Estados Unidos. Prevê-se que o uso de trigo para consumo alimentar aumente 1,0%, enquanto que no caso do arroz a subida seja de 1,1%.

Igualmente se prevê que as existências mundiais de cereais no fecho das temporadas de 2019 atinjam quase os 762 milhões de toneladas, cerca 6,5% abaixo do seu nível récord de abertura. Espera-se que os stocks totais de cereais secundários diminuam pela primeira vez em seis anos, enquanto que os de trigo baixem 4,5% com descidas encabeçadas pelos principais países exportadores. Pelo contrário, prognostica-se que as existências mundiais de arroz aumentem 2,6%, para os 176,6 milhões de toneladas.

As previsões sobre o comércio internacional de cereais marcam agora uma diminuição de 1,1% relativamente ao nível récord de 2017/18, com contracções tanto para o comércio de trigo como de arroz. Prevê-se que o comércio mundial de cereais secundários se mantenha próximo do nível récord do ano anterior, em volta dos 195 milhões de toneladas, com um aumento do volume de milho e uma descida para o de sorgo.

Sexta-Feira, 2 de Novembro de 2018/ FAO.
http://www.fao.org

Artigos relacionados

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim periódico de notícias sobre o mundo suinícola

Não estás inscrito na lista

02-Ago-201926-Jul-201919-Jul-201912-Jul-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui