Leia este artigo em:

Rabobank: ameaças na estabilidade dos preços da carne e peixe

A guerra comercial dos Estados Unidos com a China, as doenças e o clima extremo ameaçam a estabilidade mundial dos preços da carne e peixe.

6ª feira 23 Novembro 2018 (há 9 meses 30 dias)
gosto

De acordo com o relatório anual Perspectivas preparado pelo Rabobank, que analisa as perspectivas nos mercados de carne e peixe em todo o mundo, enquanto os mercados de carne e peixe irão continuar a crescer em 2019, as tensões geopolíticas, a ameaça de doenças e El Niño geram uma grande incerteza nas perspectivas.


Estados Unidos enfrenta guerras comerciais e ventos contra, ao mesmo tempo abrem-se novas oportunidades na China

Se a guerra comercial dos EUA e a China continuar, como esperado, em 2019, isso alterará os fluxos do comércio mundial nos próximos anos.

Como resultado, os exportadores de carne e peixe dos EUA procurarão novos parceiros de negócios fora da China. Isso oferece uma janela de oportunidade para muitos outros países, incluindo Austrália, Brasil, Canadá, UE e Rússia, que buscarão ocupar o lugar no mercado chinês criado pela ausência dos EUA.

Além disso, com o dólar americano no seu nível mais alto em 18 meses, e para o qual se espera continuar a fortalecer até o final de 2019, as exportações dos EUA continuarão a sofrer com a falta de competitividade no exterior, o que desafiará ainda mais rentabilidade das cadeias de fornecimento de proteína animal E.U.A.

Os riscos sanitários parecem propagar-se

O Rabobank prevê que a disseminação da Peste Suína Africana continue a ter um impacto global na produção de suínos, o que é especialmente prejudicial na China com um declínio na oferta, preços mais altos e aumento das importações. A Europa ainda enfrenta um excesso de oferta de carne suína o que se tornará um especial problema no caso de a doença afectar a produção e reduzir as oportunidades de exportação.

Além disso, a presença de doenças que afectam os suínos terá provavelmente um impacto na percepção do consumidor e, consequentemente, na procura.

El Niño

Com 80% de chance de que o El Niño seja formalmente declarado no final do Inverno no Hemisfério Norte, o Rabobank espera que o evento climático crie mais riscos no sector de proteína animal.

O fornecimento de farinha de peixe aumentou desde o último surto de El Niño, com a cota peruana do início de 2018 sendo a mais alta nos últimos anos, com 3,3 milhões de toneladas. Se as condições climáticas não forem estáveis, uma cota menor adicionará pressão de alta e maior volatilidade aos preços da farinha de peixe em 2019.

Quinta-feira, 15 de Novembro de 2018/ Rabobank/ Holanda.
https://www.rabobank.com

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim periódico de notícias sobre o mundo suinícola

Não estás inscrito na lista

20-Set-201913-Set-201906-Set-201902-Ago-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui