Leia este artigo em:

Eurobarómetro sobre conhecimentos dos cidadãos acerca de antibióticos

A Comissão publicou os resultados de um inquérito Eurobarómetro sobre conhecimentos dos cidadãos acerca dos antibióticos e as tendências gerais do seu uso.

2ª feira 19 Novembro 2018 (há 9 meses 2 dias)
gosto

A pesquisa mostra uma evolução positiva do uso de antibióticos: 32% dos entrevistados declararam ter usado antibióticos nos últimos doze meses, em comparação com 40% na pesquisa de 2009. No entanto, muitos desses antibióticos foram usados desnecessariamente, como evidenciado por 20% sendo usados para tratar constipações ou gripes e que 7% das pessoas os usam sem receita médica. 66% dos entrevistados sabiam que os antibióticos não têm uso contra constipações e 43% sabiam que eles são ineficazes contra vírus. Mais de dois terços das pessoas gostariam de ter mais informações sobre antibióticos.

Tendo em conta estes dados, e por ocasião do Dia Europeu para a utilização prudente de antibióticos, o Comissário Vytenis Andriukaitis disse: "Este inquérito Eurobarómetro destaca a necessidade de melhorar a consciência e o conhecimento dos nossos cidadãos sobre antimicrobianos. A este respeito, a última estimativa de 33 000 mortes por ano na Europa por causa de resistência antimircrobianos deve servir como um alerta para todos nós. A maioria destas mortes podem ser evitadas se se acabar com o uso desnecessário de antibióticos e se melhorar o diagnóstico e prevenção de infecções em hospitais e outras comunidades. Peço a todos aqueles que têm influência na prevenção e tratamento de infecções para redobrar seus esforços na luta contra a resistência antimicrobiana. Além de aumentar a nossa consciência e nosso conhecimento, devemos unir forças e combater a resistência antimicrobiana não só do ponto de vista da saúde humana mas também a saúde animal e do ambiente. Dentro de alguns dias, o Conselho irá dar luz verde à nova legislação europeia sobre medicamentos veterinários e dos alimentos medicamentosos, o que representará um grande avanço neste campo".

Os resultados do inquérito Eurobarómetro e do relatório do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (CEPCD) serão apresentados hoje em Bruxelas na conferência sobre o Dia Europeu para o Uso Prudente de Antibióticos em 2018: uma saúde que preserve a aficácia dos antibióticos (One Health to Keep Antibiotics working ).

Nos últimos quinze anos, a UE esteve na vanguarda da luta contra a resistência antimicrobiana. No ano passado, foi adoptado um novo plano de acção global da UE para a resistência antimicrobiana, estabelecendo os objectivos da Comissão para combater essa resistência no quadro das políticas de saúde humana, saúde animal e ambiente.

Um passo importante neste plano será a próxima a legislação europeia sobre medicamentos veterinários e alimentos medicamentosos, na qual será estabelecida uma ampla gama de medidas concretas para combater a resistência antimicrobiana e promover o seu uso prudente e responsável. A partir de 2022, os antimicrobianos não podem ser utilizados na UE como promotores de crescimento de animais. Nenhum deles pode ser usado preventivamente em alimentos medicamentosos ou grupos de animais. Além disso, haverá restrições quanto ao uso metafilático de antimicrobianos e alguns deles podem ser reservados para uso humano exclusivo. Além disso, nas suas exportações para a UE, os países terceiros devem respeitar a proibição do uso de antibióticos para promover o crescimento, bem como restrições aos antimicrobianos reservados para uso humano. Assim, o novo regulamento da UE vai melhorar a protecção dos consumidores europeus contra o risco de propagação da resistência antimicrobiana por causa da importação de animais ou produtos de origem animal.

A resistência antimicrobiana é um desafio sério tanto a nível da UE como a nível global e, por isso, a colaboração internacional é essencial. A UE continua a apoiar a colaboração e a consolidação de orientações sobre resistência antimicrobiana em organizações internacionais relevantes (como a OMS, a OIE e a FAO) e continua a desempenhar um papel ativo e proeminente no trabalho do G20.

Contexto

A resistência antimicrobiana é a resistência de um microorganismo a um antimicrobiano ao qual era originalmente sensível. Embora esta resistência se desenvolva naturalmente, o uso excessivo e inadequado de antimicrobianos e o mau controlo de infecções e práticas inadequadas de higiene em humanos e animais aceleram enormemente esse fenómeno. De acordo com a estimativa feita num estudo do Centro Europeu para Prevenção e Controlo de Doenças e do Grupo Colaborativo sobre Resistência Antimicrobiana, publicado recentemente no The Lancet, infecções por bactérias resistentes a antibióticos causaram 33 mil mortes em 2015 na Europa.

A luta contra a resistência antimicrobiana não servirá apenas para melhorar a saúde, mas também terá enormes benefícios económicos. Num relatório da OCDE publicado este mês (com o apoio da Comissão e do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças), estima-se que a intensificação da luta contra a resistência antimicrobiana pode salvar 4 800 milhões de dólares por ano na Europa, América do Norte e Austrália.

O Dia Europeu para o Uso Prudente de Antibióticos é uma iniciativa europeia de saúde coordenada pelo Centro Europeu para a Prevenção e Controlo de Doenças, em colaboração com a Comissão Europeia, cujo objectivo é fornecer uma plataforma e apoiar campanhas nacionais sobre o combate à resistência aos antimicrobianos e, mais especificamente, ao uso prudente de antibióticos.

Quinta-feira, 15 de Novembro de 2018/ CE/ União Europeia.
http://europa.eu/rapid

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim periódico de notícias sobre o mundo suinícola

Não estás inscrito na lista

02-Ago-201926-Jul-201919-Jul-201912-Jul-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui