Leia este artigo em:

Espanha amplia os produtos de suíno que poderá exportar para a China

No âmbito da visita a Espanha do Presidente da República Popular de China, Xi Jinping, teve lugar a assinatura de dois Protocolos que permitirão o arranque das exportações de uva de mesa e o alargamento a outros produtos de suíno com origem espanhola para o país asiático.

6ª feira 30 Novembro 2018 (há 11 meses 21 dias)
gosto

O novo Protocolo da Carne de Suíno foi negociado, entre o Ministério da Agricultura, Pescas e Alimentação e a Administração Geral de Alfândegas da China, na Comissão Mista de Cooperação Espanha-China realizada em Outubro em Pequim entre o Ministério da Indústria, Comércio e Turismo de Espanha e o Ministério do Comércio da China. O protocolo vai permitir ampliar significativamente a gama de produtos autorizados como a carne fresca e produtos curados como o presunto e a paleta, lombo, chourição e chouriço. Até agora, só eram exportados para a China carne e miudezas congeladas.

Entre os produtos transformados, até agora a Espanha só podia exportar presunto desossado. Com este novo Protocolo possibilita-se o acesso a produtos de maior valor acrescentado, como o presunto com osso e os demais produtos curados, pelo que se abrem grandes possibilidades para a indústria das carnes ao ter acesso ao maior mercado do mundo em condições muito vantajosas. Além do mais, o novo texto com os requisitos sanitários e zoosanitários das exportações de suíno de Espanha, vai permitir a exportação de carne fresca refrigerada, dando acesso a um novo nicho de mercado com produtos de elevada qualidade e com uma maior diferenciação do produto.

A China é, a grande distância dos outros, o maior mercado de produtos de suíno, ao consumir aproximadamente 50% do total que se produz em todo o mundo. O suíno representa dois terços do total do consumo de carnes na dieta dos consumidores chineses e, ainda que também sejam os principais produtores do mundo, são o primeiro mercado de importação.

Nos últimos anos a España tem vindo a subir posições até se ter convertido, em 2017, no primeiro exportador de carne de porco para a China e o quarto exportador de vísceras, com um total de 373 mil toneladas no valor de 574 milhões de euros, o que converte este produto na primeira rubrica de exportação de Espanha para a China.

Quarta-Feira, 28 de Novembro de 2018/ MAPA/ Espanha.
https://www.mapa.gob.es

Notícias

PSA distorse o mercado suíno chinês03-Dez-2018 há 11 meses 17 dias

Notícias da Economia

PSA distorse o mercado suíno chinês03-Dez-2018 há 11 meses 17 dias

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim periódico de notícias sobre o mundo suinícola

Não estás inscrito na lista

15-Nov-201908-Nov-201931-Out-201925-Out-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui