Leia este artigo em:

Inclusão de ácido benzóico nas dietas de porcos e rendimento dos mesmos

Foram realizados dois ensaios para estudar a eficácia do ácido benzóico no rendimento do crescimento nas fases de baterias e crescimento-engorda.

5ª feira 12 Abril 2018 (há 5 meses 7 dias)
gosto

O ácido benzóico pode melhorar o rendimento do crescimento através da melhoria da saúde intestinal diminuindo o pH da digesta e promovendo o desenvolvimento de Bifidobacterium e da morfologia intestinal dos leitões nas baterias. No entanto, alguns autores sugerem possíveis lesões orgânicas entre níveis de inclusão de 2,5 e 5%, portanto, são necessários estudos a longo prazo.

Foram realizados dois ensaios para estudar a eficácia do ácido benzóico no rendimento do crescimento nas fases de baterias e crescimento-engorda. Foi utilizado um desenho em blocos completamente aleatório com 3 tratamentos correspondentes a 3 níveis dietéticos de ácido benzóico: 0, 0,3% e 0,5%. Na experiência 1, foram usados um total de 144 machos castrados (7,1 ± 0,6 kg de peso corporal inicial) com 8 repetições por cada tratamento enquanto que na experiência 2 foram usados um total de 288 machos castrados (36,1 ± 3,6 kg PC ) com 16 repetições por cada tratamento. As experiências 1 e 2 duraram 28 e 70 dias, respectivamente.

Na experiência 1, o ganho médio diário (GMD) de todas as fases de crescimento aumentou linearmente com o aumento da suplementação de ácido benzóico, o que conduziu a uma melhoria linear no peso corporal médio no dia 28. Também foi observada uma melhoria linear na conversão alimentar entre os dias 0 a 14 e no consumo médio diário de alimento entre os dias 14 a 28 e 0 a 28.

Na experiência 2, o GMD durante os dias 0 a 35 e 35 a 70 e o PC médio no dia 35 aumentaram linearmente com níveis mais elevados de ácido benzóico suplementado. O GMD entre os dias 0 a 70 e o PC médio no dia 70 aumentaram significativamente, tanto de forma linear como quadrática com o aumento do ácido benzóico. O índice de conversão melhorou linearmente em todas as fases de crescimento.

Em conclusão, o fornecimento de ácido benzóico à dieta a níveis de suplementação de 0,3% e 0,5% melhorou o rendimento do crescimento dos porcos nas baterias e em crescimento-engorda no presente estudo. Os porcos nas baterias responderam de forma linear aos níveis crescentes de ácido benzóico até uma inclusão de 0,5%, enquanto que os porcos em crescimento e engorda conseguiram um GMD óptimo a um nível estimado de inclusão de 0,36%.

Zhai, H., Ren, W., Wang, S., Wu, J., Guggenbuhl, P., & Kluenter, A. M. (2017). Growth performance of nursery and grower-finisher pigs fed diets supplemented with benzoic acid. Animal Nutrition, 3(3), 232-235. https://doi.org/10.1016/j.aninu.2017.05.001

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags