Leia este artigo em:

Estratégias com porcas adoptantes: consequências para leitões

Foram estudados os efeitos de duas estratégias com fêmeas adoptantes no crescimento de leitões, comportamento de amamentação e comportamento de cria das porcas.

3ª feira 20 Agosto 2019 (há 3 meses 1 dias)
gosto

As estratégias com recurso a porcas adoptantes são utilizadas para o maneio de grandes ninhadas em explorações de porcos comerciais. No entanto, os leitões recém-nascidos transferidos para porcas adoptantes em lactação podem estar comprometidos em termos de crescimento e sobrevivência.

Foram estudados os efeitos de duas estratégias com fêmeas adoptantes no crescimento de leitões, comportamento de amamentação e comportamento de cria das porcas. No dia seguinte ao parto, os quatro leitões com mais peso nascidos em grandes ninhadas foram transferidos para uma porca adoptante em lactação de 21 dias (1STEP21, n=9 ninhadas) ou de 7 dias (2STEP7, n=10 ninhadas). O resto da ninhada ou permaneceu com a mãe (permanece intacta (PI), n = 10 ninhadas) ou alguns leitões foram adoptados para igualar os pesos ao nascimento (foram igualados (MI), n = 9 ninhadas). Os leitões de 7 dias de idade de 2STEP7 foram transferidos para uma porca em 21 dias de lactação (2STEP21, n=10 ninhadas).

O crescimento de leitões recém-nascidos em porcas em lactação 1STEP21 e 2STEP7 foi inicialmente menor que nas ninhadas PI, mas os pesos ao desmame não diferiram significativamente. Após a 1ª semana de lactação, os pesos e as taxas de crescimento não diferiram entre os tratamentos. O comportamento da competição durante a amamentação diminuiu com o tempo. A frequência das lutas foi maior nas ninhadas 1STEP21 e 2STEP21 em comparação com as ninhadas PI. As ninhadas 2STEP21 tiveram ciclos de amamantação mais curtos que as ninhadas PI e 1STEP21 que foram terminados mais frequentemente pelas porcas 2STEP21 que pelas PI. A transferência de leitões com mais peso das ninhadas PI e MI para as porcas adoptantes reduziu a percentagem de mudanças de mamilos durante a lactação.

Em conclusão, as estratégias com porcas adoptantes não parecem comprometer o crescimento dos leitões. No entanto, os leitões recém-nascidos transferidos para porcas no último estágio da amamentação experimentaram aumento da competição por mamilos, sugerindo que o estágio da amamentação de porcas é importante na determinação do desempenho dessas estratégias. Portanto, a estratégia em duas etapas é provavelmente a melhor opção (em relação ao crescimento e comportamento da amamentação), uma vez que minimiza a diferença entre a idade dos leitões e a fase de amamentação da porca.

O. Schmitt, E. M. Baxter, L. A. Boyle and K. O’Driscoll. Nurse sow strategies in the domestic pig: Consequences for piglet growth, suckling behaviour and sow nursing behaviour. Animal. Volume 13, Issue 3. March 2019 , pp. 590-599. https://doi.org/10.1017/S1751731118001702 Published online by Cambridge University Press: 11 July 2018

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags