Leia este artigo em:

UE: novos laboratórios de referência para contaminantes na ração e nos alimentos

O Fødevareinstituttet da Dinamarca e o RIKILT da Holanda serão os novos laboratórios de referência para metais e compostos azotados e para micotoxinas e toxinas vegetais na ração e nos alimentos.

2ª feira 12 Fevereiro 2018 (há 8 meses 11 dias)
gosto

O Centro Comum de Investigação (CCI) da Comissão Europeia, que desde 2006 alberga o laboratório de referência da UE para metais pesados na ração e nos, o laboratório de referência da UE para hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HAP) e o laboratório de referência da UE para micotoxinas na ração e nos alimentos, comunicou à Direcção-Geral de Saúde e Segurança Alimentar que a partir de 1 de Janeiro de 2018 já não teria estes laboratórios. É por isso que, no ano passado, a Comissão iniciou um processo de candidaturas para seleccionar e designar um laboratório de referência da UE para os âmbitos referidos.

O Fødevareinstituttet (Instituto Nacional de Alimentação) da Universidade Técnica da Dinamarca (Dinamarca) foi o laboratório seleccionado para ser designado laboratório de referência da UE para metais e compostos azotados na ração e nos alimentos; o referido laboratório também deve ser designado como laboratório de referência da UE para contaminantes de processo. O laboratório RIKILT (Stichting Wageningen Research) (Países Baixos) deve ser designado como laboratório de referência da UE para micotoxinas e toxinas vegetais na ração e nos alimentos.

Ainda dada a importância crescente dos contaminantes persistentes clorados distintos dos PCB e das dioxinas, os contaminantes persistentes bromados e os contaminantes persistentes fluorados para a segurança de rações e alimentos, também é conveniente alargar o âmbito das actividades e tarefas do laboratório de referência da UE para dioxinas e PCB na ração e nos alimentos para todos os contaminantes orgânicos persistentes (COP) halogenados na ração e nos alimentos. Portanto, o laboratório de referência da UE para dioxinas e PCB na ração e nos alimentos deve passar a denominar-se laboratório de referência da UE para contaminantes orgânicos persistentes (COP) halogenados na ração e nos alimentos a fim de reflectir o alargamento do seu âmbito de actividades e tarefas.

Quinta-Feira, 8 de Fevereiro de 2018/ DOUE/ União Europeia.
http://eur-lex.europa.eu

Notícias

Aumentam os surtos de DES na Holanda09-Fev-2018 há 8 meses 14 dias

Notícias da Nutrição

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim periódico de notícias sobre o mundo suinícola

Não estás inscrito na lista

19-Out-201812-Out-201804-Out-201828-Set-2018

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui