Leia este artigo em:

Colômbia: implementação de normativa na produção de rações

O ICA aprovou a implementação da normatividade na produção de alimentos para animais.

6ª feira 8 Março 2019 (há 6 meses 11 dias)
gosto

O Instituto Colombiano Agro-Pecuário, ICA, e os representantes das diferentes organizações, ligadas à produção de alimentos para animais, avançaram no grupo de trabalho para arrancarem com a implementação da Análise do Impacto Normativo, AIN.

Este é um projecto piloto que o ICA desenvolve pela primeira vez em conjunto com o Departamento Nacional de Planemento, fazendo uma análise minuciosa dos temas que se devem regulamentar ou intervir, relacionados com a produção e importação de alimentos para animais a nível nacional.

O grupo de trabalho foi criado com a finalidade de modificar a resolução 1056 de 1996 para o registo de produção e importação de alimentos para animais.

Durante a reunião, as organizações e o Instituto avançaram na identificação do problema do AIN e das suas causas e consequências, as quais, não só põem em risco o controlo da inocuidade dos alimentos para animais, mas também a igualdade nas condições para competir no mercado mundial.

Terça-Feira, 26 de Fevereiro de 2019/ ICA/ Colômbia.
https://www.ica.gov.co

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim periódico de notícias sobre o mundo suinícola

Não estás inscrito na lista

13-Set-201906-Set-201902-Ago-201926-Jul-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui