Leia este artigo em:

Suplementação com Enterococcus faecium, manano oligossacáridos e ácido benzoico em porcos

A combinação na dieta de probióticos, prebióticos e ácidos orgânicos melhora o crescimento, a saúde e a imunidade em porcos de engorda.

5ª feira 8 Junho 2017 (há 2 anos 3 meses 14 dias)
gosto

Após a proibição do uso de antibióticos como aditivos na ração e promotores de crescimento dos animais na produção na União Europeia, surgem novas oportunidades nutricionais em estudo. Algumas estratégias procuram potenciar o sistema imunitário dos porcos e apesar dos trabalhos publicados sobre leitões e porcas, há poucos estudos na literatura que avaliem o efeito dos probióticos, prebióticos e ácidos orgânicos em porcos de engorda.

Um total de 160 foram utilizados durante a fase de engorda para avaliar a eficácia de um probiótico, um manano-oligosacárido, um ácido orgânico e a sua mistura sobre o crescimento, a composição da microbiota intestinal, a morfologia intestinal e a resposta imunitária. Os porcos foram distribuídos ao acaso por cinco tratamentos com quatro repetições de oito porcos por curral. O grupo controlo foi alimentado com uma dieta de acabamento basal, enquanto que os outros grupos receberam a mesma dieta basal suplementada com o probiótico a 35 mg/kg (2×10^10 CFU/g Enterococcus faecium), ou o manan-oligosacárido a 1 g/kg, ou o ácido orgânico a 5 g/kg (100% ácido benzoico) ou a mistura das três substâncias. No final do ensaio, todos os porcos foram pesados e abatidos e foram recolhidas amostras para análise sanguínea, histológica e microbiológica. As contagens totais de bactérias aeróbias e anaeróbias, Lactobacilli, Bifidobacteria, Enterococci, Enterobacteriaceae e Coliformes, foram feitas por por técnicas de contagem convencionais no jejuno e cego. A morfologia intestinal foi realizada no jejuno e foram avaliadas a altura das vilosidades, a profundidade da cripta e a contagem das células caliciformes. As amostras de sangue foram estudadas por citometria de fluxo para avaliar a resposta imunitária das sub-populações de linfócitos.

Os resultados mostraram que a inclusão na dieta de uma mistura de probiótico, prebiótico e ácido orgânico melhorou o rendimento dos porcos de engorda apesar de que cada aditivo por si só não teve um efeito significativo. A altura das vilosidades no jejuno também foi observada como aumentada no grupo que recebeu a mistura dos aditivos alimentares em comparação com o grupo manano-oligosacárido, ainda que não tenham sido observadas diferenças no número de células caliciformes entre os diferentes grupos. A inclusão de E. faecium aumentou a contagem de enterococos em ambos os grupos que receberam o probiótico nas amostras de digesta de jejuno e cego. No entanto, não foram observadas diferenças nas populações totais de células citotóxicas B e T na presença ou ausência dos diferentes tratamentos dietéticos, ainda que a relação CD4/CD8 tenha diminuido no grupo que recebeu a mistura dos aditivos alimentares.

Em conclusão, a suplementação dietética com uma combinação de probiótico, manan-oligosacárido e ácido orgânico poderá promover o crescimento nos porcos de engorda e melhorar a sua microbiota intestinal e funcionalidade.

Giannenas, I., Doukas, D., Karamoutsios, A., Tzora, A., Bonos, E., Skoufos, I., Tsinas, A., Christaki, E., Tontis, D. and Florou-Paneri, P. (2016). Effects of Enterococcus faecium, mannan oligosaccharide, benzoic acid and their mixture on growth performance, intestinal microbiota, intestinal morphology and blood lymphocyte subpopulations of fattening pigs. Animal Feed Science and Technology, 220, 159-167. http://doi.org/10.1016/j.anifeedsci.2016.08.003

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags