Leia este artigo em:

Efeitos do enriquecimento ambiental e reagrupamento nos anticorpos naturais nos porcos

Os porcos que vivem em explorações comerciais podem experimentar stress agudo devido aos procedimentos de maneio standart e stress crónico devido às limitações de permanecer alojados em ambientes sem estímulos.

3ª feira 5 Junho 2018 (há 4 meses 18 dias)
1 gosto

Os porcos que vivem em explorações comerciais podem experimentar tanto stress agudo devido aos procedimentos de maneio standart como stress crónico devido às limitações de permanecer alojados em ambientes sem estímulos. Isto poderá influir no seu estado imunitário, inclusive nas respostas dos anticorpos a autoantigénios neuronais e de perigo. Os níveis de albumina de soro bovino-fosforilcolina conjugado (PC-BSA) fixadora de autoanticorpo natural (NAAb) e a proteína básica de mielina (MBP) foram medidos no tempo em porcos alojados com enriquecimento ou sem e que foram reagrupados.

No total, 480 porcos foram alojados em 80 currais estéreis ou enriquecidos com palha desde as 4 até ás 23 semanas de idade. Foram recolhidas amostras de sangue dos porcos antes (semana 8) e 3 dias depois do teste de reagrupamento de 24 h (semana 9) e ás 22 semanas de vida. A albumina sérica bovina conjugada com fosforilcolina (PC-BSA) e os títulos de anticorpos MBP no soro foram medidos usando ELISA.

Os porcos alojados em ambientes enriquecidos tinham níveis mais elevados de MBP de união a IgM e tendiam a ter níveis mais altos de PCB-BSA de união a IgA em comparação com os porcos alojados em ambientes estéreis. Cada NAAb medido neste estudo foi afectado pelo género e a ninhada.

Estes resultados sugerem que o enriquecimento dos parques e o stress agudo provocado pelo reagrupamento, têm uma influência sobre os níveis no soro de antigénios neuronais e de perigo.

Luo, L., Geers, R., Reimert, I., Kemp, B., Parmentier, H., & Bolhuis, J. (2017). Effects of environmental enrichment and regrouping on natural autoantibodies-binding danger and neural antigens in healthy pigs with different individual characteristics. Animal, 11(11), 2019-2026. doi:10.1017/S1751731117000635

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags