Leia este artigo em:

PSA: um ano depois a Ásia perdeu quase 5 milhões de porcos

A PSA está presente em seis países asiáticos: Cambodja, China, República Popular Democrática da Coreia, República Popular Democrática do Laos, Mongólia e Vietname.

3ª feira 27 Agosto 2019 (há 3 meses 15 dias)
gosto

Quase 5 milhões de porcos morreram ou foram abatidos na Ásia com a propagação da Peste Suína Africana (PSA), uma doença viral contagiosa que afecta porcos domésticos e selvagens e foi detectada pela primeira vez neste continente há um ano. Embora não represente um perigo para os seres humanos, a doença causa até 100% de mortes em porcos, com graves perdas económicas no sector suíno.

A PSA está presente em seis países asiáticos: Cambodja, China, República Popular Democrática da Coreia, República Democrática Popular do Laos, Mongólia e Vietname. Os dados mais recentes fornecidos pela FAO indicam que as perdas actuais representam mais de 10% do total do efectivo de porcos na China, Vietname e Mongólia.

Impacto económico

O surto está a afectar principalmente pequenos agricultores vulneráveis que podem não ter o conhecimento especializado ou fundos necessários para proteger os seus animais contra a doença.

No Vietname, a indústria suína é responsável por quase 10% do sector agrícola do país e a carne de porco representa quase três quartos do total de carne consumida. Até o momento, o país abateu cerca de três milhões de suínos para impedir o avanço da doença, o que faz recear que a Peste Suína Africana possa contribuir para aumentar a insegurança alimentar em comunidades que já estão em situação precária.

Na China, há pelo menos 26 milhões de famílias envolvidas na criação de porcos e cerca de 50% da produção total de suínos corresponde a produtores de pequena escala.

"Alguns agricultores perderam todo o seu efectivo de porcos por causa da doença e é possível que os países mais afectados demorem anos para se recuperar dos efeitos socio-económicos do surto", disse Lubroth.

Sexta-feira, 9 de Agosto de 2019/ FAO.
http://www.fao.org

Artigos relacionados

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim periódico de notícias sobre o mundo suinícola

Não estás inscrito na lista

06-Dez-201929-Nov-201922-Nov-201915-Nov-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui