Leia este artigo em:

FVE: evitar o transporte de animais a longa distância en épocas de calor

A FVE apela a evitar o sofrimento dos animais durante o transporte de longa distância, particularmente sob temperaturas extremas. Os países da UE devem evitar a exportação a longa distância de animais em períodos em que se prevê que as temperaturas excedam 30 ° C, o que coloca em risco o bem-estar dos animais.

5ª feira 18 Julho 2019 (há 2 meses 5 dias)
gosto

A Federação de Veterinários da Europa (FVE) emitiu uma declaração expressando a sua preocupação com os problemas de bem-estar animal que continuam a surgir devido ao não cumprimento das regras acordadas durante o transporte e a exportação de animais a longa distância. Especialmente no Verão, o clima quente pode ter um sério impacto no bem-estar dos animais durante o transporte.

No Verão de 2018, com temperaturas que ultrapassaram 30 ° C, foram feitas mais de 500 remessas da UE para países terceiros. Por várias razões, os períodos de espera para camiões que chegam à fronteira podem ser muito longos. Os animais, que em certos casos já viajaram milhares de quilómetros, devem permanecer nos camiões sem espaço adequado para descansar e com instalações muito limitadas para fornecer comida, água e cuidados. Temperaturas muito altas agravam a situação, causando o sofrimento dos animais, exaustão e, às vezes, até a morte dos animais.

Segundo a FVE, é necessário tomar medidas e requerer que:

  • As transportadoras iniciam viagens bem preparadas e de acordo com os requisitos do Regulamento de Transporte 1/2005. Não é aceitável correr o risco de ter sérios problemas de saúde e de bem-estar animal quando se realiza um transporte de longa distância quando, no início da viagem, é evidente que é provável que ocorram problemas;
  • Utilizar as boas e melhores práticas desenvolvidas no âmbito do Projecto de Transporte Animal para optimizar o bem-estar durante o transporte, bem como a ficha informativa da UE sobre a exportação de animais vivos para a Turquia;
  • As autoridades competentes dos países exportadores assumam a responsabilidade por uma implementação mais rigorosa e uniforme e pela aplicação rigorosa do Regulamento de Transportes;
  • Os veterinários oficiais apenas assinem os certificados e aprovem a carga se puderem verificar se todos os requisitos legais (duração da viagem, descarga, acesso a água, comida, etc.) podem ser garantidos até o local de destino;
  • Em caso de temperaturas extremas:
    • Os países da UE devem ter um protocolo de "clima quente" para todos os transportes (curtos e longos) quando as temperaturas são superiores a 30 ° C;
    • Os países da UE devem evitar a exportação de animais a longa distância em períodos em que se prevê que as temperaturas excedam os 30 ° C, uma vez que isso coloca os animais em risco;
    • A autoridade competente deve apoiar os veterinários oficiais a recusar a assinatura de certificados, se estiverem previstas temperaturas que excedam 30 ° C em qualquer parte da viagem.
  • As autoridades, nos cruzamentos fronteiriços, tomem medidas práticas para reduzir o tempo de espera necessário na fronteira e para criem instalações adequadas para o descarregamento e cuidados dos animais quando necessário;
  • Todas as partes envolvidas desestimulem tanto quanto possível o transporte de longa distância de animais, especialmente em face de sérios problemas de congestionamento de tráfego, altas temperaturas ou qualquer outra circunstância que possa ameaçar os requisitos de bem-estar animal;
  • Todas as partes envolvidas assumam sua parcela de responsabilidade na protecção do bem-estar animal e façam tudo o que podem para evitar o reaparecimento de problemas conhecidos.

Uma maneira muito eficaz de resolver o problema é substituir o transporte de animais vivos pelo transporte de carcaças / produtos de origem animal.

Portanto, a FVE deseja reiterar que: os animais devem ser criados o mais próximo possível das instalações onde nascem e abatidos o mais próximo possível do ponto de produção.

Segunda-feira, 8 de Julho de 2019/ FVE/ União Europeia.
https://www.fve.org

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim periódico de notícias sobre o mundo suinícola

Não estás inscrito na lista

20-Set-201913-Set-201906-Set-201902-Ago-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui