Leia este artigo em:

A sanidade animal mundial no programa da Comissão de Agricultura e Desenvolvimento Rural do Parlamento Europeu

Muitas das intervenções tiveram relação, especialmente, com o tema do bem-estar animal.

5ª feira 10 Dezembro 2015 (há 3 anos 11 meses 29 dias)
gosto

O Dr. Bernard Vallat, Director-Geral da Organização Mundial de Sanidade Animal (OIE), interveio no Parlamento Europeu em Bruxelas, no passado dia 1 de Dezembre de 2015 para uma torca de opiniões com os deputados da Comissão de Agricultura e Desenvolvimento Rural. A apresentação e a sessão de pedidos e perguntas permitiram abordar vários temas de grande importância para a elaboração de futuras políticas relacionadas com a pecuária.

 

OIE European Parliament

 

O Dr. Bernard Vallat, Director-Geral da OIE, durante a sessão do Parlamento Europeu em Bruxelas

Muitas das intervenções tiveram relação, especialmente, com o tema do bem-estar animal. Foi relembrada a postura avançada da Europa em matéria de exigências relativas ao bem-estar animal, bem como a possível distorsão da concorrência relativamente aos custos de produção nos países do Terceiro Mundo menos afastados. Neste sentido, o Dr. Vallat anunciou que, em Dezembro de 2016, a OIE realizará uma conferência mundial no México durante a qual se debaterá a estratégia mundial para o bem-estar animal que, ao ser possível, será adoptada pelos 180 Países Membros da Organização. «Hoje assistimos a uma profunda preocupação dos cidadãos com o bem-estar animal», explicou, «não apenas nos países ocidentais, mas também nos emergentes, alguns dos quais terão reforçado consideravelmente as suas normas neste âmbito num prazo de dez anos, sobretudo graças às acções da OIE».

Também se recordou a importância de manter uma densa rede veterinária territorial formada por profissionais que disponham de uma formação avançada e de uma ética garantida pelos Organismos Veterinários que regulam a profissão veterinária. Este tipo de rede é a única forma de aplicar medidas de vigilância eficazes, de detecção precoce e de resposta rápida aos surtos de doenças dos animais que possam por em perigo tanto as populações de animais domésticos como as de animais salvagens, bem como a saúde humana. Outra função desta rede veterinária deverá ser a supervisão e a regulamentação do uso dos antibióticos nos animais. A partir do exemplo da Peste Suína Africana que referiu um dos deputados, o Dr. Vallat recordou a importância que tem o estabelecimento de uma estreita colaboração com os agentes no terreno que são os caçadores, com a finalidade de detectar quanto antes os focos que poderão atingir os animais salvagens o regular as populações de javalis de uma forma equilibrada.

Terça-Feira, 8 de Dezembro de 2015/ OIE.
http://www.oie.int/

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim periódico de notícias sobre o mundo suinícola

Não estás inscrito na lista

06-Dez-201929-Nov-201922-Nov-201915-Nov-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui