Semana de 14-Set-2017

Este porco de 6 semanas de idade tem lesões não pruriginosas na pele. O que poderá ser?

Validar

Resultados

Resposta errada

Grandes lesões coalescentes similares à tinha localizadas no abdómen e nas patas dianteiras e traseiras. Trata-se de pitiríase rosácea, uma condição esporádica observada em porcos jovens de 3 a 16 semanas de idade. Crê-se que tenha uma componente hereditária.

Semana de 18-Jan-2018

Após um aumento das mortes súbitas em porcos de crescimento e acabamento, detectaram-se lesões como estas. Qual é a causa mais provável?

Semana de 11-Jan-2018

Surto de mortes súbitas, inapetência, febre alta e tosse em porcos entre as 10 semanas de vida e o abate. Detectou-se pneumonia necrotizante no lóbulo diafagmático e pleuresia Qual é a causa?

Semana de 04-Jan-2018

As leitoas nasceram com a vulva avermelhada e inchada. Qual é a causa mais provável?

Semana de 28-Dez-2017

Esta porca foi desmamada há duas semanas e tem esta lesão. Qual é a causa mais provável?

Semana de 21-Dez-2017

Aumento de hemorragias subcutâneas e hematomas na pele de leitões de 7 dias de vida que tinham nascido normais. Alguns dias após o aparecimento dos sintomas, a mortalidade é elevada. Qual é a causa mais provável?

Semana de 14-Dez-2017

Leitão recém-nascido que não se consegue manter em pé para caminhar. Qual é a causa mais provável desta lesão?

Semana de 07-Dez-2017

Aumento de desmamados atrasados com dificuldades na respiração e má resposta a antimicrobianos. A mortalidade ascende de 4 a 30%. Qual é a causa mais provável desta lesão?

Semana de 30-Nov-2017

Houve um aumento de desmamados em mau estado, com respiração abdominal difícil e má resposta ao tratamento antimicrobiano. A mortalidade oscilou entre 6 e 15%. Qual é a causa mais provável desta lesão?

Semana de 24-Nov-2017

Nas primeiras 8 semanas após o desmame observou-se diarreia, mau estado e mortalidade elevada. Todos os porcos necropsiados tinham as mesmas lesões macroscópicas que o da foto. Qual é a causa mais provável desta lesão?