Semana de 06-Out-2017

Esta diarreia não fatal está presente em leitões de 10 dias. Qual é a causa primária mais provável?

Validar

Resultados

Resposta errada

Um exemplo clássico de uma coccidiose em porcos devida a Isospora suis. É a causa mais comum de diarreia em porcos com mais de duas semanas de vida.

Se no se complica com infecções secundárias, não costuma ser fatal mas pode reduzir os pesos ao desmame até 2,5 kg/porco. Pese a que um amostragem extensiva pode encontrar oócistos coccidiais nas explorações afectadas, o diagnóstico mais fiável consegue-se abatendo um letão recém infectado e realizando uma análise histopatológica das anças do intestino delgado fixadas em formol salino.

Se não se controla, tanto a E coli como o Rotavirus podem complicar a infecção coccidial primária.

O tratamento dos leitões afectados é, frequentemente, pouco gratificante, já que a diarreia continua até ao desmame. O rendimento pós-desmame pode ver-se comprometido tanto pela extensão do dano intestinal como pelo baixo peso dos leitões desmamados.

Trata-se de uma doença típica por má higiene na maternidade; a limpeza e a desinfecção ajudam a reduzir o risco ainda que os oócistos sejam resilientes e possam sobreviver pese a limpeza.

A infecção subclínica e o controlo inadequado podem estar relacionados com a falha pós-desmame devido a má digestão.

Semana de 12-Jul-2018

Algumas porcas e marrãs morreram repentinamente nos últimos meses sem terem quaisquer sinais clínicos aparentes. Há hemoperitoneu e esplenomegália na necrópsia. Qual é a causa?

Semana de 05-Jul-2018

Porca com lesões cutâneas rejeitada no matadouro por bem-estar. O que terá causado estas lesões?

Semana de 28-Jun-2018

É encontrada, num parque, uma porca gestante com sangue na vulva. O que o poderá ter causado?

Semana de 21-Jun-2018

Leitão desmamado deitado incapaz de andar, com movimentos de remo, olhos a girar e opistótono. Qual é a causa do problema neste caso?

Semana de 14-Jun-2018

O leitão desmamado que está à esquerda está pálido em comparação com o da direita (normal). Estes leitões pálidos crescem mais devagar. Qual é a causa deste problema?

Semana de 07-Jun-2018

Uma porca de primeiro parto apresenta uma coxeira no terço posterior quando é desmamada. Pouca resposta a antibióticos e a AINE. Na necrópsia vê-se separação da cabeça do fémur na zona da placa de crescimento. Qual a causa?

Semana de 30-Mai-2018

Porcos com 15 semanas desenvolvem manchas púrpura nas extremidades posteriores que se estendem por todo o corpo. A mortalidade é elevada. Qual é a causa desta lesão?

Semana de 24-Mai-2018

Estes leitões foram injectados na perna com ferro dextrano quando tinham 2 dias de vida e morreram nas primeiras 24 horas após serem injectados. O que terá causado este problema?

Semana de 17-Mai-2018

Leitões atrasados, com abdómens inchados. A área perineal é anormal quando inspeccionada. O que provoca esta condição?