Leia este artigo em:

Gestão óptima das doses de sémen na exploração: pontos chave de controlo

Por vezes os produtores acabam por usar sémen com uma capacidade menor de fertilização devdo a condições inadequadas de armazenamento.

A conservação das doses de sémen não é uma ciência complexa, mas há alguns princípios básicos que devem ser sempre contemplados. Por vezes os produtores acabam por usar sémen com uma capacidade de fertilização menor devido a deficientes condições de armazenamento.

O objectivo deste artigo é rever alguns factos biológicos sobre os espermatozóides e fornecer conselhos sobre como efectuar o processo, desde o pedido até à transferência de doses de sémen para a área de cobrição, incluindo os requisitos que devem cumprir as câmaras de conservação, bem como as rotinas diárias e manutenção básica que deve ser feita nesses equipamentos de armazenamento.

Num segundo artigo, serão apresentados alguns cenários de casos práticos e as acções correctivas/atenuantes propostas.

Factos biológicos sobre as células espermáticas

Imediatamente após a ejaculação, a motilidade dos espermatozóides varia entre 75 e 95%. Após esse período, a motilidade diminui, indicando que mais ou menos espermatozóides morrem. Desde a colheita até à cobrição, a temperatura desempenha um papel fundamental na vitalidade do sémen e na capacidade de fertilização das doses. Portanto, quando as células arrefecem muito rapidamente ou ficam muito frias, as membranas podem ser danificadas e as células perdem sua capacidade de fertilizar ou morrem. Quando o oposto acontece e as células permanecem muito quentes por um período significativo de tempo, elas ficam móveis ou até mesmo hipermóveis, consumindo nutrientes muito rapidamente e acelerando sua morte.

O diluente de sémen é usado para prolongar a vida útil das doses de sémen de 2 a 10 dias, dependendo do diluente. Os diluentes apenas retardam a taxa de mortalidade das células espermáticas, sendo usados para fornecer nutrientes aos espermatozóides, protegê-los das baixas temperaturas usadas para reduzir sua actividade metabólica e controlar o crescimento bacteriano.

Realização de pedidos de doses de sémen

A primeira regra é pedir o necessário, quando necessário.

A ideia é pedir que o sémen chegue nos dias em que há muitas cobrições e pedir o número de doses que serão usadas até o máximo de 3 dias a partir da data da colheita. Em explorações onde apenas se trabalha em monoespermia ou quando é realizada em cobrições específicas, deve-se ter atenção para ter doses disponíveis do mesmo macho para a segunda cobrição.

A taxa de doses desperdiçadas na exploração agrícola devido à idade do sémen (dose superior a 3 dias depois da data de colheita), deve ser inferior a 3% ou 7-8 doses por semana numa exploração de 2.500 porcas.

Entrega de doses e procedimento de introdução nas explorações

É um procedimento vital para garantir a qualidade das doses de sémen e também preservar a biossegurança da exploração receptora. As principais considerações são: ter um ponto de entrega claramente definido para os pedidos das doses (escritório da exploração ou frigorífico de conservação de dose localizado fora da exploração), ter um sistema de alerta para que a equipa saiba que novas doses de sémen chegaram, como um sensor de movimento, campainha ou similar que forneça um sinal acústico aos colaboradores para que eles possam transferir as doses de sémen para a câmara de conservação final. O objectivo é garantir que> 90% das entregas sejam transferidas para a câmara de conservação definitiva num prazo não superior a 15 minutos após a entrega. Por último, mas não menos importante, deve haver um formulário para registar o tempo de entrega e a temperatura na chegada das doses.

Requisitos da câmara de conservação das doses seminais

As doses de sémen devem ser armazenadas a 16-18° C (61-64° F). As doses devem ser retiradas do invólucro antes de ser colocadas na câmara de conservação, armazenando-as em posição horizontal para permitir uma boa circulação do ar.

Devem ser sempre usadas câmaras de conservação electrónicas assistidas por ventilador. Duas unidades de armazenamento pequenas são melhores que uma grande (o risco é repartido em caso de defeitos técnicos).

As câmaras de conservação devem permitir aquecer e arrefecer, devendo ter um visor de temperatura exterior, com uma precisão de ± 1 ° C/ ±1,8 ° F. Também deve ser considerado que as prateleiras sejam abertas, tipo prateleiras de grade, para permitir a circulação do ar.

O espaço entre a parede e a câmara de conservação deve ser, regra geral, 2,5 cm (1 polegada), salvo indicação em contrário do fornecedor. A câmara de armazenamento deve ser colocada em ambiente limpo, à temperatura ambiente. Para melhorar a segurança do sistema devem ser instaladas baterias de reposição .

As câmaras de conservação devem ter a capacidade necessária para poder armazenar a quantidade de doses entregues semanalmente. Como regra geral: 0,6 l (0,16 galões) de volume total por dose

Figura 1: Câmara de conservação com visor de temperatura exterior e prateleiras abertos (grade) para permitir a circulação de ar.
Figura 1: Câmara de conservação com visor de temperatura exterior e prateleiras abertos (grade) para permitir a circulação de ar.

Câmara de conservação de doses: uso e manutenção correctos

O mau funcionamento das câmaras de conservação é um problema recorrente em muitas explorações. Alguns dos principais aspectos a considerar são minimizar o número de vezes que a porta é aberta, limpar o interior da câmara de conservação (com desinfetante) incluíndo as prateleiras de arame e o ventilador mensalmente. A câmara deve ser verificada anualmente por um técnico antes do Verão. As doses de sémen já aquecidas não devem ser colocadas outra vez no interior.

Rotinas de controlo diário das câmaras de conservação

La temperatura debe verificarse diariamente, manteniendo un registro de la hora en la que se realiza el control y la temperatura mínima/máxima. Teniendo en cuenta que los líquidos muestran un comportamiento frente a la temperatura diferente, para registrar la "temperatura real" de las dosis de semen, el termómetro debe mantenerse dentro de un bote, como los usados para el semen, lleno de agua.

A temperatura deve ser verificada diariamente, mantendo um registo da hora em que o controlo é realizado e a temperatura mínima / máxima. Levando em consideração que os líquidos apresentam um comportamento, perante a temperatura, diferente, para registar a "temperatura real" das doses de sémen, o termómetro deve ser mantido dentro de uma garrafa, como a utilizada para o sémen, cheia de água.

Figura 2: Garafa para sémen
Figura 2: Garafa para sémen

Cada fluctuação de ±2° C ( 3,6° F ) pode reduzir a vida útil das doses até um dia!

As doses que tenham ultrapassado a sua vida útil devem ser deitadas fora.

Transporte das doses de sémen para a área de cobrição

O pessoal deve levar para a área de cobrição apenas as doses que usará na próxima hora. É importante verificar se as doses estão dentro do período de uso estabelecido.

As doses devem ser levadas para a área de cobrição em recipiente isotérmico e com acumuladores térmicos para manter a temperatura. Como regra geral, recomenda-se o uso de um pequeno refrigerador portátil, que tem capacidade para 6 ou 12 garrafas, para limitar a quantidade de doses que podem ser levadas para a área de cobrição de cada vez.

Uma vez que o pessoal de inseminação comece a trabalhar, apenas deve remover as doses do recipiente no momento em que elas são necessárias para continuar a inseminação (depois de colocar o cateter), não antes. O recipiente deve ser imediatamente fechado.

O objectivo é que a taxa de retorno das doses (doses levadas para o pavilhão e depois devolvidas à câmara de conservação) seja igual a zero. Deve certificar-se que o pessoal encarregado da inseminação saiba com antecedência quantas doses serão necessárias.

Artigos relacionados

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags