Leia este artigo em:

Custo do PRRS a nível de exploração

O objectivo deste estudo foi desenvolver um modelo epidemiológico e económico para determinar os custos do PRRS a nível de exploração.

4ª feira 2 Agosto 2017 (há 2 meses 22 dias)

Durante o estudo foi integrado um modelo epidemiológico num modelo de produção simulado em função do tipo de exploração, ritmo de partos ou duração do periodo de lactação.

Neste sentido, foi estimado o impacto da infecção por PRRS na saúde e produtividade. As perdas financeiras foram calculadas numa análise de margem bruta e análise de pressuposto parcial baseado nas mudanças nos parâmetros de saúde e produção assumidos para diferentes níveis de gravidade da doença causada pelo PRRSV. Os dados referentes aos efeitos da infecção endémica sobre o rendimento reprodutivo, a morbilidade e a mortalidade, o ganho médio diário de peso, a eficiência alimentar e os custos de tratamento foram obtidos da literatura existente e da opinião de vários peritos. Foram usados nove cenários de doença diferentes nos quais uma exploração de ciclo fechado (1000 porcas) foi ligeiramente, moderada ou severamente afectada por PRRS, baseando-se em mudanças nos parâmetros de saúde e produção, seja na fase de cria, baterias e engorda ou nas três etapas juntas.

As perdas anuais oscilaram entre uma média de 75.724€ (intervalo de confiança de 90% (IC): 78.885 €- 122.946 €), se a exploração foi ligeiramente afectada nas baterias e engorda, a uma média de 650.090 (90% IC 603.585 €- 698.379 €), se a exploração foi gravemente afectada em todas as etapas. As perdas totais foram ligeiramente maiores se o periodo afectado era o de cria em vez das baterias ou engorda. Numa exploração moderadamente afectada em todas as etapas, as perdas médias na fase de cria foram de 46.021 € e de 422.387 € na engorda, enquanto que os custos foram 25.435 € mais baixos nas baterias, em comparação com uma exploração negativa para PRRSV.

O modelo é tido como uma ferramenta de apoio à tomada de decisões para produtores pecuários e veterinários se for demonstrado que uma exploração está afectada pelo PRRS (confirmado por um diagnóstico de laboratório). O resultado pode ajudar a entender a necessidade de intervenções no caso de um impacto significativo na rentabilidade da exploração. O modelo pode apoiar os veterinários na sua comunicação com os produtores pecuários nos casos em que se justificam dispendiosas medidas de controlo da doença.

Nathues H, Alarcon P, Rushton J, Jolie R, Fiebig K, Jimenez M, Geurts V, Nathues C; Cost of Porcine Reproductive and Respiratory Syndrome Virus at Individual Farm Level - An Economic Disease Model; Prev Vet Med. 2017 Jul 1;142:16-29. doi: 10.1016/j.prevetmed.2017.04.006. Epub 2017 Apr 27. PMID: 28606362 DOI: 10.1016/j.prevetmed.2017.04.006

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags