Leia este artigo em:

Composição bioquímica do sémen de varrasco em função da idade e estação do ano

Foi estudado o efeito das variações, relacionadas com a idade e a época do ano, na composição do sémen de varrasco durante um periodo de 3 anos.

2ª feira 12 Março 2018 (há 6 meses 7 dias)
1 gosto

Foi estudado o efeito das variações, relacionadas com a idade e a época do ano, na composição do sémen de varrasco durante um periodo de 3 anos. A partir dos 8 meses de idade foram recolhidos ejaculados de quatro varrascos e distribuídos em três grupos: de 8 a 18, de 19 a 30 e de 31 a 42 meses divididos em dois periodos sazonais: Outono - Inverno e Primavera - Verão.

A variabilidade do varrasco teve um efeito significativo na maioria dos parâmetros de sémen analisados. Significativamente, foram observados maiores volumes de ejaculado nos varrascos com mais de 18 meses de idade durante o periodo Outono - Inverno. A concentração de esperma foi maior nos varrascos menores de 18 meses de idade, enquanto que o número total de espermatozóides foi significativamente maior durante o periodo Outono - Inverno, independentemente do grupo de idade. Os efeitos da sazonalidade na motilidade dos espermatozóides foram mais marcados nos varrascos com idade de 19 a 30 meses, sendo significativamente mais altos durante o periodo de Outono - Inverno. As proporções de espermatozóides com acrossoma intacto, cresta apical normal e membranas acrossómicas osmoticamente tolerantes foram marcadamente mais altas nos varrascos com idade de 19 a 30 meses e durante o periodo Outono - Inverno. Os espermatozóides de ejaculados recolhidos durante o periodo de Primavera - Verão foram mais susceptíveis à peroxidação de lípidos, independentemente do grupo de idade. Significativamente, foram detectados níveis mais altos de conteúdo proteínico e concentrações de componentes antioxidantes de plasma seminal (SP) que não contêm tiol em varrascos de menos de 18 meses de idade durante o periodo Outono - Inverno. Os efeitos sazonais sobre o pH e a actividade inibidora de proteínases em SP foram mais marcados em varrascos menores de 18 meses de idade, enquanto que a actividade da fosfatase alcalina foi maior nos varrascos entre os 19 e 30 meses durante o periodo Outono - Inverno. Foram detectadas quantidades substanciais dos antioxidantes que contêm tiol do SP em varrascos de mais de 18 meses de idade durante o periodo de Primavera - Verão. Nem a osmolalidade nem o estado antioxidante total foram afectados pelas diferenças dos periodos sazonais ou grupos de idade.

As descobertas deste indicam que as variações relacionadas com idade e a estação afectam as funções do tracto reprodutivo no varrasco, o que resulta em alterações marcadas na composição bioquímica do sémen.

L. Fraser, J. Strzeżek, K. Filipowicz, M. Mogielnicka-Brzozowska, L. Zasiadczyk. Age and seasonal-dependent variations in the biochemical composition of boar semen. Theriogenology August 2016. Volume 86, Issue 3, Pages 806–816. DOI: https://doi.org/10.1016/j.theriogenology.2016.02.035

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags