Leia este artigo em:

E.U.A./UE: indústria farmacêutica na era da resistência a antibióticos

O relatório do ERS-USDA analisa as tendências na venda de antibióticos para uso veterinário e o desenvolvimento de novos produtos pelas indústrias farmacêuticas dos EUA e UE.

3ª feira 18 Junho 2019 (há 3 meses 5 dias)
gosto

As regulamentações nos Estados Unidos e na UE são o centro de atenção já que os E.U.A. e a UE absorvem aproximadamente 60% do mercado de produtos farmacêuticos para animais e albergam a sede de todas as principais empresas farmacêuticas para animais. Além disso, como muitos produtos são inicialmente destinados aos mercados dos EUA e da Europa, estão sujeitos a aprovações da UE e dos EUA.

Venda de antibióticos para animais de produção:

  • Entre 2015 e 2017, as vendas totais de antibióticos para animais produtores de alimentos nos EUA diminuíram 30% (em peso), após os aumentos anuais entre 2009 e 2015. Em relação à UE, de 2010 a 2015, em 17 países da UE, as vendas de antibióticos diminuíram em 31%;
  • Os seguintes factores afectam as vendas:
    • Nos EUA a procura, por parte dos consumidores, de carne de animais criados sem o uso de antibióticos, aumentou;
    • O aumento constante da produção de carne nos Estados Unidos e na União Europeia nas últimas duas décadas, em grande parte devido à crescente procura por exportações, especialmente da Ásia, está a aumentar procura das vendas de antibióticos em ambas as regiões;
    • A restrição dos EUA no uso de antibióticos promotores de crescimento, em 2017, parece ter contribuído para o declínio nas vendas de antibióticos e regulamentos europeus semelhantes estão geralmente correlacionados com o declínio nas vendas globais de antibióticos.


Desenvolvimento e aprovação de novos produtos farmacêuticos para animais

Apesar do gasto da indústria farmacêutica veterinária em I & D ter aumentado, o número de novos fármacos para animais aprovados nos Estados Unidos diminuiu, o que leva a um aumento no gasto por cada medicamento recém-aprovado.

Além de diminuir em número, as aprovações de novos medicamentos também mudaram de tipo: os produtos para animais de companhia são uma parte crescente das novas aprovações de medicamentos para animais nos Estados Unidos.

Desde 1992, a maioria das novas aprovações de antibióticos para uso em animais produtores de alimentos tem sido medicamentos genéricos que também são usados na medicina humana.

Desde o início dos medicamentos genéricos nos EUA em 1992, eles representam aproximadamente metade dos novos medicamentos veterinários aprovados pelos EUA.

Maio 2019/ ERS-USDA/ E.U.A.
https://www.ers.usda.gov

Artigos relacionados

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim periódico de notícias sobre o mundo suinícola

Não estás inscrito na lista

20-Set-201913-Set-201906-Set-201902-Ago-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui