Leia este artigo em:

Bélgica confirma o sexto caso de PSA

Até à data, foram confirmados 6 casos de Peste Suína Africana na região de Etalle, na Província do Luxemburgo.

6ª feira 21 Setembro 2018 (há 1 anos 2 meses 18 dias)
gosto

Após a confirmação deste novo caso de PSA, a AFSCA (Agência Federal para a Segurança Alimentar) e o Serviço Público da Valónia (SPW) chegaram a acordo para estabelecer, com urgência nos próximos dias, medidas coordenadas. Foram estabelecidas medidas restritas de controlo na Valónia.

As medidas tomadas afectam um perímetro de 63000 hectares de acordo com o definido pela AFSCA e pelo SPW em consonância com a Comissão Europeia. A Ordem tem as seguintes medidas aplicáveis até 14 de Outubro inclusive:

  • Proibição de todas as formas de caça para evitar a dispersão das populações de javalis. Esta medida, junto com a busca activa de cadáveres de javalis, permitirá delimitar, com precisão, o território infectado.
  • Proibição de alimentar os animais de caça para evitar qualquer risco de concentração da população e, portanto, de uma maior contaminação.

Os agentes dos acantonamentos afectados iniciaram o procedimento de procura de cadáveres. Este trabalho será avaliado a 26 de Setembro.

O procedimento estabelecido define claramente o modus operandi perante a descoberta de um javali. Só os agentes do Departamento da Natureza e Bosques estão autorizados a retirar cadáveres. Uma equipa está especialmente dedicada ao transporte destes para os centros de recolha.

As suiniculturas localizadas na ou próximas da área em questão receberam instrucções para evitar o contacto com o vírus.

A descoberta de qualquer cadáver de javali por parte dos cidadãos deverá ser comunicada imediatamente ao centro de chamadas do Serviço Público da Valónia (1718) indicando a localização precisa e evitando absolutamente qualquer contacto. É uma responsabilidade colectiva. Todos os javali devem ser declarados às autoridades competentes.

Proibição temporária de circulação pelos bosques

Até 14 de Outubro inclusive, é proibido conduzir nas estradas dos bosques. São permitidas excepções, dentro dos limites das intervenções necessárias para o tratamento da Peste Suína Africana e em conformidade com as medidas de biossegurança recomendadas, às seguintes pessoas:

  • Pessoal do Departamento da Natureza e Bosques;
  • Pessoal do Departamento de Estudos Naturais e Agrícolas;
  • Titulares de um direito de caça e seus guardas autorizados;
  • Os proprietários;
  • O pessoal da rede de vigilância sanitária da fauna silvestre da Valónia;
  • Pessoal dos serviços da polícia sanitária;
  • Pessoal da polícia local e federal.

Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018/ Gouvernement Wallon/ Bélgica.
http://www.wallonie.be

Artigos relacionados

ver mais artigos relacionados com o artigo

Notícias

Barómetro da Indústria Espanhola das Carnes21-Set-2018 há 1 anos 2 meses 18 dias

Notícias da Sanidade

PSC no Japão: detectado um javali afectado pela doença21-Set-2018 há 1 anos 2 meses 18 dias

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim periódico de notícias sobre o mundo suinícola

Não estás inscrito na lista

06-Dez-201929-Nov-201922-Nov-201915-Nov-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui