Leia este artigo em:

Alemanha: forte redução do uso de antibióticos em suínos

A QS publicou o seu relatório sobre o uso de antibióticos em animais de produção entre os anos 2014 e 2018.

4ª feira 12 Junho 2019 (há 14 dias)
gosto

De acordo com o relatório da QS Qualität und Sicherheit GmbH, entre 2014 e 2018, o uso de antibióticos para todos os animais de produção registados no esquema QS reduziu-se num total de 253,2 toneladas. Isto corresponde a uma redução de 35,7%. O esquema QS cobre 95% da produção de carne de porco e aves de capoeira na Alemanha.

Em concreto, na produção suína, a quantidade de antibióticos administrados reduziu-se em 41,9%, passando das 522,7 t em 2014 para as 303.7 t em 2018.

No caso dos antibióticos de uso crítico também se observou uma diminuição, passando das 0,36 t em 2014 para as cefalosporinas de 3ª e 4ª geração para as 0,28 t em 2018 e das 7,32 t de fluoroquinolonas em 2014 para as 3,81 em 2018.

.

Quinta-Feira, 6 de Junho de 2019/ QS/ Alemanha.
https://www.q-s.de

Artigos relacionados

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim periódico de notícias sobre o mundo suinícola

Não estás inscrito na lista

21-Jun-201914-Jun-201907-Jun-201931-Mai-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui