Leia este artigo em:

Imunoglobulinas purificadas de suíno como candidato para substituir o Zinco

Foi observado recentemente que a administração oral de imunoglobulina G suína purificada a partir de plasma de porco combinado pode reduzir a infecção entérica.

5ª feira 17 Agosto 2017 (há 1 meses 5 dias)

A imunidade lactogénica transferida da porca para os leitões confere uma protecção oro-gástrica contra agentes patogénicos infecciosos. Nos sistemas convencionais de producão os leitões são desmamados a uma idade imunologicamente imatura (3-4 semanas). O desmame priva um fornecimento contínuo de anticorpos lactogénicos mesmo no momento em que os leitões são transportados para um meio diferente com maior risco de infecções bacterianas entéricas. A diarreia pós-desmame (PWD), é frequentemente tratada e prevenida com antibióticos e/ou óxido de zinco nas dietas dos leitões. No entanto, o uso de antibióticos e óxido de zinco de forma contínua na produção animal intensiva é indesejável já que pode promover a resistência a antimicrobianos e colocar problemas ambientais.

Foi observado recentemente, num modelo experimental de PWD, que a administração oral de imunoglobulina G suína purificada (ppIgG) a partir de plasma de porco combinado pode reduzir a infecção entérica.

No presente estudo, foram realizadas duas experiências independentes que incluiram 12 (10,8 ± 1,8 kg de peso corporal, de 2 ninhadas) e 18 (7,3 ± 1,0 kg de peso corporal, de 2 ninhadas) porcos, respectivamente. Em ambas, os leitões eram portadores do gene dominante que codifica para os receptores de fímbrias intestinais F4.

Na experiência 1 (estudo piloto com dose baixa de IgG, a longo prazo) suplentou-se com 750 mg/dia de ppIgG por via oral durante cinco dias antes e 10 dias depois do desmame. Na experiência 2 (dose elevada de IgG, a curto prazo) foram administrados 1,9 g de ppIgG por via oral duas vezes por dia durante sete dias pós-desmame/desafio. Na experiência 2 também havia um grupo que era suplementado com óxido de zinco dietético durante 10 dias depois do desmame. Os leitões foram desmamados aos 28 dias de idade e posteriormente desafiados aos 29 e 30 dias de idade.

O ppIgG oral acelerou a eliminação de bactérias hemolíticas fecais de E. coli em comparação com os leitões que não recibiam ppIgG. Este efeito foi observado ao alimentar ppIgG durante sete dias pós-desmame, o que sugere que ppIgG não necessita um uso profiláctico durante vários dias antes do desmame. Além disso, o efeito da administração oral de ppIgG durante sete dias após o desmame foi igual ou melhor que o proporcionado pelo óxido de zinco, quanto à redução dos sintomas da diarreia e na eliminação das bactérias hemolíticas fecais durante 14 dias depois do desmame. Estas observações justificam futuros ensaios utilizando ppIgG como suplemento dietético em unidades de produção e em condições comerciais para estabelecer o seu potencial como uma alternativa aos antibióticos e ao óxido de zinco para prevenir a PWD.

Hedegaard, C. J., Lauridsen, C., and Heegaard, P. M. (2017). Purified natural pig immunoglobulins can substitute dietary zinc in reducing piglet post weaning diarrhoea. Veterinary Immunology and Immunopathology, 186, 9-14. https://doi.org/10.1016/j.vetimm.2017.02.001

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Nutrimail

Um boletim mensal de notícias sobre a nutrição dos suínos

Não estás inscrito na lista

31-Ago-201727-Jul-201729-Jun-201725-Mai-2017

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui