Porco: animal doméstico da espécie Sus scrofa. Nestas estatísticas estão diferenciados por reprodutoras, leitões e engorda.

Reprodutora: fêmea destinada à reprodução de leitões.

Leitões: porco desmamado.
Nos países Europeus estes têm menos de 20kg.
No Canadá, até ao ano 2007, esta categoria incluía animais de até 20 kg e a partir de 2008 a categoria inclui animais até 50 libras (23 kg).
Nos Estados Unidos, até ao ano 2007, esta categoria incluía animais de até  60 libras (27 kg) e a partir de 2008 a categoria inclui animais até 50 libras (23 kg).

Engorda: porco destinado à engorda para abate.
Nos países Europeus estes são todos os porcos com mais de 20kg, incluindo os de mais de 110 kg de peso vivo.
No Canadá, até ao ano 2007, esta categoria incluía animais a partir de 20 kg e desde 2008 a categoria inclui animais com mais de 50 libras (23 kg).
Nos Estados Unidos, até ao ano 2007, esta categoria incluía animais a partir de 60 libras (27 kg) e desde 2008 a categoria inclui animais de mais de 50 libras (23 kg).

Fontes da informação
Eurostat, http://epp.eurostat.ec.europa.eu
Statistics Canada, http://www.statcan.gc.ca/start-debut-eng.html
USDA, http://www.usda.gov/wps/portal/usda/usdahome
Information-Analytical Agency EMEAT, http://emeat.ru
National Bureau of Statistics of China, http://www.stats.gov.cn

Número de porcos por anos e países. Os dados apresentam-se em formato gráfico e permitem ver e comparar vários países e/ou anos. Os itens seguintes mostram os dados segundo as distintas categorias de porcos.

Abates por mês ou ano: total de porcos abatidos para consumo humano no período especificado.

Quantidade de carne por mês ou ano: peso total de carcaça dos porcos abatidos cuja carne tenha sido aprovada para consumo humano.
A carne de porco contabiliza-se a partir dos porcos vivos abatidos em cada país; pelo que inclui os porcos vivos importados. Por este motivo, nem sempre se verifica uma plena correspondência entre os porcos de engorda e os abates.

Peso carcaça por ano*: para os países Europeus apresenta-se o cálculo aproximado do peso por carcaça que resulta da divisão entre o peso total de carcaça dos porcos abatidos pelo número total de porcos abatidos. Deve-se ter um cuidado especial ao interpretar estes resultados já que os dados incluem, maioritariamente, porcos standard de abate mas também consideram outras categorias de porcos.
Para os Estados Unidos e Canadá apresenta-se o peso da carcaça que corresponde aos porcos de abate sacrificados.

Fontes da informação

Eurostat, http://epp.eurostat.ec.europa.eu
Statistics Canada, http://www.statcan.gc.ca
National Bureau of Statistics of China, http://www.stats.gov.cn
Information-Analytical Agency EMEAT, http://emeat.ru
USDA, http://www.usda.gov
*Elaboração própria a partir dos dados do Eurostat, http://epp.eurostat.ec.europa.eu

Número de porcos abatidos e quantidade de carne produzida por mês e ano. Os dados apresentam-se em formato gráfico e permitem ver e comparar vários países e períodos.

Reprodutoras: fêmeas para reprodução que pesam mais de 50kg

Leitões: porcos desmamados com menos de 20kg

Outros porcos: esta categoria inclui maioritariamente explorações de porcos de engorda ainda que também varrascos, porcas de refugo ou outros tipos de porcos com mais de 20kg

Fontes da informação
Eurostat, http://epp.eurostat.ec.europa.eu

Distribuição do efectivo suíno segundo o tamanho das explorações. Os resultados compreendem diversos anos e estão representados em formato gráfico segundo as diferentes categorias de suínos.

Carcaças: os porcos abatidos, sob a forma de carcaças de animais da espécie suína doméstica, sangrados e eviscerados a que se tenham tirado as cerdas e unhas. As meias-carcaças obtêm-se por corte da carcaça inteira passando por cada vértebra cervical, dorsal, lombar e sagrada e pelo ou ao longo do esterno e da sínfise ísquio-púbica. As carcaças ou meias-carcaças podem apresentar-se com ou sem cabeça, com ou sem a parte do pescoço, chamada "faceira baixa", os pés, a banha, rins, cauda ou diafragma. As meias-carcaças podem apresentar-se com ou sem espinal medula, mioleira e língua. As carcaças inteiras e meias-carcaças de porcas podem apresentar-se com ou sem mamilos.

Pernas: a parte posterior (caudal) da meia-carcaça, com os ossos, com ou sem pé, pernil, courato ou toucinho. A perna está separada do resto da meia-carcaça de modo a incluir no máximo a última vértebra lombar.

Pás: a parte inferior da parte dianteira, mesmo com a escápula e músculos aferentes, com ossos, com ou sem pé, pernil, courato ou toucinho.  A escápula com os músculos aferentes, apresentada isoladamente, considera-se como pedaço da pá, nesta subposição.

Partes dianteiras: a parte anterior (cranial) e a meia-carcaça sem a cabeça, com ou sem a parte do pescoço denominado "faceira baixa", compreendendo os ossos, com ou sem o pé, a perna (canela), o coiro ou o toucinho.  A parte dianteira é separada do resto da meia-carcaça de modo a incluir no máximo a quinta vértebra dorsal.  A parte superior (dorsal) da parte dianteira (espinhaço), mesmo com a escápula e músculos aferentes, é considerada como pedaço de lombo, desde que separada da parte inferior (ventral) da parte dianteira por um corte localizado, no máximo, imediatamente abaixo da coluna vertebral.

Lombos: a parte superior da meia-carcaça, desde a primeira vértebra cervical até às vértebras caudais, com ossos, com ou sem lombinho, escápula, courato ou toucinho.  O lombo está separado da parte inferior da meia-carcaça por um corte localizado imediatamente abaixo da coluna vertebral.

Barrigas: a parte inferior da meia-carcaça, denominada "entremeada", situada entre a perna e a pá, com ou sem ossos, mas com courato e toucinho.

Carne sem osso: a carne sem osso, apresentada isoladamente e pertencente à parte dianteira (compreendendo o pescoço, parte da pá, a "faceira baixa" apresentada sozinha ou em conjunto com o pescoço, parte da pá).

Outros: carne de suíno, de espécies domésticas, sem desossar,  (excepto carcaças ou meias carcaças, pernas, pás e suas partes, bem como partes dianteiras e partes delas, vãos e partes dos vãos e entremeada e partes da entremeada).

Fontes da informação
Eurostat, http://epp.eurostat.ec.europa.eu

Exportações e importações de carne de porco por país e ano, classificadas segundo se trate de carne fresca, refrigerada ou congelada. Os dados mostram a quantidade total de carne comercializada ou por produto. Os dados apresentam-se em formato gráfico e permitem ver e comparar vários países e períodos.

Período
Podes ver este gráfico em ecrân total

Países

Assunto fechado. Para aceder deves ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui
Não há dados para o período seleccionado

Comentários do gráfico

Acrescentar comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login