Nicolas Rose

Nicolas Rose
7microprofiteoussoubysagnaVeryItalianPigliqingqingrgsalamero

ANSES - Agência francesa para a Segurança Alimentar, do meio ambiente e do trabalho. França

http://www.anses.fr

Nicolas Rose, é doutorado em veterinária, nasceu em Paris en 1971, e graduou-se na faculdade de veterinária de Nantes (Oniris) em 1994. Em 1995 doutorou-se em veterinária na mesma universidade após um período como bolseiro no Centro de Investigação do INRA em Tours. Em 2007 graduou-se no European College of Porcine Health and Management (ECPHM). Trabalha como investigador em epidemiologia no laboratório Anses-Ploufragan desde 1995, onde actualmente é director da unidade de Epidemiologia e bem-estar suíno.

O Dr. Rose participou em vários projectos de investigação, tanto a nível nacional como europeu. É especializado em epidemiologia e modelos matemáticos de doenças infecciosas com interesse particular nas infecções virais em populações suínas. Entre as várias linhas de investigação nas que participou, as principais são PRRSV, Hepatite E, influenza suína e as doenças associadas ao PCV2. Como resultado dessas investigações, é coautor de mais de 40 artigos publicados em revistas científicas internacionais, com numerosos papers e comunicações sobre PCV2 e doenças associadas. Também é autor do primeiro estudo levado a cabo sobre os factores de risco associados ao PMWS clínico.

Curriculum actualizado: 30-Ago-2013

Artigos

Experimento de transmisión para estimar los parámetros de transmisión del modelo de PCV-2.

Modelação da dinâmica de infecção por PCV2 num ciclo fechado

26-Mar-2014 (há 4 anos 3 meses 23 dias)

Observou-se que a reduzir a mistura de leitões na lactação e nas baterias atrasava o processo infeccioso, reduzindo o número de infecções precoces. O agrupar os leitões por ninhada em pequenas unidades após o desmame também diminui significativamente a probabilidade de uma infecção precoce.

1
Modelação da dinâmica de infecção por PCV2 num ciclo fechado