Daniel Beltrán-Alcrudo

Daniel Beltrán-Alcrudo
6Rosyarisgutierrlolozamora1994anton_marusbediakoe13bigvision203

FAO. Espanha

Daniel Beltrán- Alcrudo (DVM, MSc, MPVM) formou-se na Universidade de Zaragoza, Espanha, em 1999. Desde então, a evolução académica do Daniel levou muitas voltas, tocando em muitos aspectos do mundo da veterinária, incluindo mestrado em Tecnologia de Alimentos e Garantia Qualidade (Universidade de Reading, Reino Unido), Veterinária Aquicultura (Instituto de Aquicultura em Stirling, Reino Unido) e uma bolsa de estudos em Veterinária Preventiva (University of California Davis, EUA).

Profissionalmente, além de dois anos de transferência de tecnologia em genética animal e genómica, a maioria de sua experiência tem-se centrado em diferentes aspectos da epidemiologia, prevenção e controle de doenças animais transfronteiriças (EAT). Ele começou sua carreira com a crise da febre aftosa em 2001 no Reino Unido, depois passou algum tempo no controle da tuberculose bovina. Daniel também esteve envolvido em actividades de formação em vários formatos, incluindo o desenvolvimento de programas de formação de formadores em gripe aviária de alta patogenicidade (Gripe Aviária) o ensino de graduação em epidemiologia na Escola de São Mateus (Ilhas Cayman) e formação Internacional nos EUA, Tanzânia, Nepal, China e Espanha.

Desde 2007, Daniel trabalhou como epidemiologista veterinário da Organização para a Alimentação e Agricultura das Nações Unidas (FAO). Inicialmente, ele trabalhou no desenvolvimento do sistema de informação sanitária da FAO (EMPRES-i) a coordenação e acompanhamento da actividade da doença e entrada de dados. Desde 2010, Daniel é o coordenador técnico para Peste Suína Africana (PSA), também coordena a participação da FAO em três consórcios de investigação financiados pela UE em investigação relacionada entre a China e a UE (LinkTADs), PPP (ASFORCE ) e febre do Rift Valley (VMERGE).

Curriculum actualizado: 15-Abr-2014

Artigos