Mercado estável na segunda quinzena de Agosto é um bom prenúncio para Setembro

carcaças
carcaças

Em Portugal a cotação manteve na segunda quinzena de Agosto.

6ª feira 30 Agosto 2019 (há 2 meses 14 dias)
gosto

30 de Agosto de 2019

Apesar do feriado de 15 de Agosto, o mercado manteve-se estável e apesar de ter havido algumas oscilações nas cotações em toda a Europa que foram desde ligeiras descidas, a ligeiras subidas e a subidas mais significativas, consoante os países. Aliás, em Portugal a cotação manteve na segunda quinzena de Agosto. Esta estabilidade nas cotações, tendo até alguma tendência de subida, é um excelente prenúncio para o mês de Setembro.

Em anos anteriores, após o 15 de Agosto, as cotações começavam a sua tendência de descida que se acentuava durante o mês de Setembro. Este ano, com a forte procura de carne de porco na U.E. por parte da China, o mercado está desafogado e todos os países dão boas indicações para o próximo mês, apesar de os pesos terem subido, em função da redução dos abates devido ao feriado, da descida das temperaturas que permite que os porcos cresçam melhor e da redução do número de turistas nos países do Sul devido ao fim das férias (Portugal, Espanha e Itália).

Tudo isto se reflecte em mais oferta momentânea de porcos para abate em que os matadouros conseguiram dar resposta positiva sem ter que pressionar muito as cotações aos produtores.

Em Portugal, como referi acima, a cotação manteve-se nesta quinzena na Bolsa do Porco. O mercado continua sem grandes problemas apesar de uma pequena subida do peso dos porcos para abate. Além disso, como ainda não há tendência de descida e as cotações são altas, os produtores não pressionam os matadouros com a saída de porcos para abate e isso dá maior fluidez ao mercado nacional.

Por outro lado, os abates em Portugal, no primeiro semestre de 2019, desceram 3,2% em comparação com o mesmo período de 2018. Esta redução é importante e também quer dizer que ao haver menos porcos para abate, os matadouros abatem com mais facilidade os porcos que lhe são oferecidos. Estes dados referentes aos abates, bem como os referentes às trocas intracomunitárias de carne de porco serão publicados na 3tres3 na próxima semana.

Em Espanha a cotação manteve-se em 1,465€/kg PV (1,953€/kg carcaça) nesta quinzena. Os pesos subiram cerca de 400g em PV e estão nos 106,2kg sendo este peso 900g mais alto que na mesma semana de 2018. Apesar desta subida dos pesos, os matadouros não mostraram qualquer preocupação com o volume de oferta de porcos pois as vendas para o mercado interno e, principalmente, para os mercados externos, seguem a excelente ritmo e vende-se tudo o que se abate.

Na Alemanha, a cotação manteve-se em 1,85€/kg carcaça. Apesar da manutenção da cotação, o mercado alemão subiu 0,03€ na semana do 15 de Agosto e desceu 0,03€ na semana seguinte, daí a manutenção. Os pesos subiram em função da redução dos abates devido ao feriado de 15 de Agosto, mas esta subida não é preocupante.

Na Holanda a cotação subiu 0,10€/kg carcaça passando para 1,93€/kg carcaça. A oferta de porcos aumentou, mas isto não impediu a subida das cotações para acompanharem o total da anterior subida alemã.

Na Bélgica a cotação subiu 0,04€/kg PV para 1,28€/kg PV.

A Dinamarca subiu 0,08€/kg carcaça passando a cotação para 1,61€/kg. Esta forte subida dinamarquesa, que acompanha as subidas das semanas anteriores da Alemanha, é um forte sinal de que os compradores internacionais de carne compram grandes volumes, pois não nos devemos esquecer que o mercado da Dinamarca, por este ser um país fortemente exportador, está grandemente influenciado pelas vendas ao exterior, seja no mercado interno da U.E. seja, principalmente, na exportação para Países Terceiros.

Em França a cotação subiu 0,055€/kg carcaça ficando em 1,638/kg carcaça. Os pesos subiram 730g para 94,11kg e estão 650g acima do peso da mesma semana de 2018. As necessidades de abastecer o mercado interno de França fizeram-se sentir e influenciaram positivamente o mercado, tendo permitido uma subida forte da cotação na segunda quinzena de Agosto.

Vamos entrar em Setembro com boas perspectivas para o mercado do porco na Europa, contrariamente ao que é usual acontecer em anos anteriores. Sabemos que as cotações terão que descer, mas para estas próximas semanas este cenário está afastado. Todavia, as descidas que irão ocorrer serão, espera-se, menores que as habituais em anos transactos.

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags