Leia este artigo em:

Efeito da qualidade da água sobre o rendimento em porcos de engorda

A água com níveis altos de sulfatos provoca diarreias profusas que, no entanto, parece que não afectam o rendimento.

Domingo 22 Janeiro 2012 (há 7 anos 8 meses 1 dias)
1 gosto

Por vezes, o que vemos ao entrar numa exploração não corresponde ao seu rendimento. Um exemplo é a água com níveis altos de sulfatos que provoca diarreias profusas que no entanto parecem não afectar o rendimento.

Houve a oportunidade de esse facto ser investigado numa exploração com 1.200 mães, de ciclo fechado que solicitou um estudo da qualidade da água. Estava a ser utilizada água subterrânea com um nível muito alto em sulfatos (1.650 ppm) e tinham uma unidade de osmose inversa.

Foram completados dois estudos de 4 semanas de duração com leitões desmamados ás 3 semanas de idade.

Foram atribuidos 12 currais duplos e um de machos castrados em cada tratamento. Na experiência 1, além de estudar dois tipos de água, foram avaliados dois sistemas de bebedouros - chucha vs concha, enquanto que na experiência 2, foi estudada a adição de ZnO à ração. A água subterrânea continha cerca de 3.100 ppm TDS e a água tratada com osmose inversa 219 ppm. As duas águas continham 1.650 e 29 ppm de sulfato, respectivamente. Os resultados são apresentados na Tabela 1.

Tabela 1. Comparação do efeito da administração de água subterrânea ou tratada por osmose inversa sobre o rendimento de porcos desmamados.

Sem tratamento Osmose inversa
Chucha Concha Chucha Concha
Experiência 1
peso inicial, kg 5,97 5,85 5,73 6,06
peso final, kg 21,25 21,39 20,18 21,77
GMD, g/d 437 444 413 449
CMD, g/d 675 665 637 668
Ganho:ração 0,651 0,672 0,650 0,673
Ração:ganho 1,53 1,49 1,54 1,49
Consumo de água, l/d 2,972 1,666 2,636 1,679
Experiência 2
Zinco adicionado (3.000 ppm) - + - +
peso inicial, kg 5,84 5,85 5,85 5,89
peso final, kg 19,36 18,54 19,37 19,33
GMD, g/d 410 385 410 407
CMD, g/d 674 607 654 642
Ganho:ração 0,611 0,607 0,654 0,642
Ração:ganho 1,64 1,65 1,53 1,64

Destes dados depreende-se que a água com um alto conteúdo de sulfato não teve nenhum efeito adverso no rendimento dos porcos.

As análises tissulares revelaram que a água com sulfato elevado reduziu o cálcio no tecido cerebral e aumentou-o nos rins e fígado, ainda que os níveies de outros minerais não se tenham visto alterados no tecido cerebral, rins, fígado nem músculo.

Finalmente foi medida a digestibilidade dos nutrientes durante a experiência, que revelou uma digestibilidade aparente total de matéria seca, de energia, de azoto ou de fibra, apesar da diarreia profusa.

Os resultados indicam que os porcos podem tolerar altos níveis de sulfatos na água potável sem efeitos adversos sobre o crescimento mas com uma diarreia osmótica flagrante, de acordo com muitos outros estudos (McLeese et al, 1992; Maenz et al, 1994; Veenhuizen et al, 1992; Gómez et al, 1995). De facto, Maenz et al (1994) expôs simultaneamente leitões de 28 dias de idade com níveis altos de minerais na água potável com stress por frio e também foram observados efeitos adversos.

Conclusões

Só há uma conclusão razoável a partir de todos estes estudos. Os porcos podem tolerar níveis relativamente altos de sulfatos na água potável sem sofrer deterioração do seu rendimento - sempre que a diarreia associada não tenha origem patogénica. Se for observada uma diminuição do rendimento com a presença de água com alta concentração em sulfatos, devem ser procuradas outras causas.

Continuam a haver muitas perguntas sem resposta sobre o assunto da qualidade da água na produção de carne de porco. Por exemplo, a água com sulfatos põe em perigo a produtividade das mães ou a saúde da sua descendência? Faz com que os porcos sejam mais susceptíveis a diarreias pategénicas? De momento não há dados suficientes.

JF Patience. Water quality issues in pork production. 2011 Allen D. Leman Swine Conference (157-164)

Artigos

Infecções por Escherichia coli em suínos (1 de 2)01-Dez-2014 há 4 anos 9 meses 22 dias
Comentário30-Set-2004 há 14 anos 11 meses 24 dias

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags