Leia este artigo em:

Efeito do enriquecimento ambiental e uso de compostos de ervas sobre o stress nos porcos

O enriquecimento ambiental e compostos à base de ervas pode reduzir o stress nos sistemas comerciais actuais de cria de porcos.

4ª feira 15 Novembro 2017 (há 26 dias)

A resposta ao stress induz a alterações fisiológicas, de comportamento, imunológicas e bioquímicas que afectam directamente a saúde e o bem-estar. O enriquecimento ambiental e compostos à base de ervas pode reduzir o stress nos sistemas comerciais actuais de cria de porcos.

O objectivo deste estudo foi avaliar o efeito de proporcionar diferentes materiais de enriquecimento ambiental (EE) e um composto de ervas (HC) sobre os indicadores fisiológicos de stress agudo e crónico em porcos em crescimento (cortisol e cromogranina A (CgA) na saliva, cortisol no pêlo e factor de necrose tumoral-α (TNF-α)). O cortisol salivar e o CgA foram relatados como sendo biomarcadores de stress agudo, enquanto que o cortisol capilar e o TNF-α foram relacionados mais com o stress crónico. Para este propósito, foram usados oito grupos de sete (14 porcos / tratamento, 56 porcos no total): (a) dois grupos EE, (b) dois grupos suplementados com HC, (c) dois grupos com EE e HC e (d) dois grupos controlo. Foram recolhidas amostras de pêlo, saliva e sangue para medir cortisol (no pêlo e saliva), CgA (na saliva) e TNF-α (no sangue) em três momentos diferentes: antes de começar a experiência (T0) e depois de 1 (T1 ) ou 2 meses (T2) de proporcionar os materiais e o composto de ervas.

Antes de iniciar o tratamento (T0) não foram observadas diferenças nos níveis de cortisol salivar ou capilar, CgA ou TNF-α, enquanto que em T2, o grupo controlo mostrou concentrações significativamente mais elevadas de CgA e cortisol capilar, em comparação com o resto dos tratamentos. Estas diferenças foram significativas em T1 apenas para CgA. Além disso, foi observada uma correlação geral entre o cortisol capilar e a CgA salivar (r = 0,48, P <0,001).

Estes resultados apoiam que proporcionar material de enriquecimento ou um composto de ervas pode reduzir o stress em porcos em crescimento. Além disso, os resultados apoiam que o cortisol capilar e o CgA podem ser ferramentas adequadas não invasivas para detectar o stress, especialmente associadas com factores de exposição crónica.

N. Casal, X. Manteca, D. Escribano, J. J. Cerón. Effect of environmental enrichment and herbal compound supplementation on physiological stress indicators (chromogranin A, cortisol and tumour necrosis factor-α) in growing pigs. Animal. Volume 11, Issue 7. July 2017 , pp. 1228-1236. https://doi.org/10.1017/S1751731116002561

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags