Leia este artigo em:

Efeito da arginina e leucina sobre rendimento e características da carcaça em porcos de acabamento

Foi testada a hipótese de alguns investigadores que suplementar as dietas de leitões com leucina (Leu) ou arginina (Arg) poderá aumentar o IMG.

5ª feira 13 Dezembro 2018 (há 9 meses 9 dias)
gosto

O aumento do teor de tecido magro e a redução da gordura na carcaça tem sido a tendência na produção de suínos nas últimas décadas. Como resultado, a gordura intramuscular (IMG), que tem sido correlacionada com a qualidade e aceitabilidade da carne de porco, diminuiu. Segundo alguns investigadores, suplementar as dietas de leitões com leucina (Leu) ou arginina (Arg) poderá aumentar o IMG.

O objectivo do presente estudo foi avaliar o efeito da redução da proteína bruta da dieta (PB) e a suplementação com arginina ou leucina sobre o conteúdo de GIM em porcos (Landrace × Duroc) × Pietrain. Para este propósito, um total de 108 machos castrados (67 ± 4 kg) foram distribuídos por um de seis tratamentos dietéticos (n = 6 parques de 3 porcos cada um): quatro dietas normais com 16% de PB dos 60 a 90 kg de PV e de 13% de PB dos 90 a 115 kg PV e suplementadas com proteína normal: (1) proteína normal com alto conteúdo de Arg; (2) proteína normal com alto conteúdo de Leu; (3) proteína normal com alto conteúdo de Arg e Leu; (4) e duas dietas baixas em PB com 14% de PB dos 60 aos 90 kg PV e 11,8% de PB dos 90 a 115 kg PV com (5) e sem (6) suplementação de ambos os aminoácidos. As dietas altas em leucina e arginina foram complementadas para obter proporções de Leu/Lys e Arg/Lys digestíveis ileal standart de 4 e 2, respectivamente.

O peso corporal final, o consumo médio diário (IMD) e o ganho médio diário (GMD) foram reduzidos, enquanto que a proporção de consumo de alimento/ganho de peso tendeu a aumentar nos animais alimentados com dietas baixas em proteínas suplementadas com arginina e leucina em comparação com os alimentados com dieta baixa em proteínas sem suplemento. Relativamente às dietas normais, o marmoreado e o conteúdo de GIM no lombo desceram quando a dieta foi suplementada com arginina. A suplementação das dietas normais com arginina também reduziu o peso da barriga e aumentou a percentagem de tecido magro, enquanto que a suplementação com Leu não teve efeito nas características da carcaça.

De forma contrária à hipótese inicial, a redução da PB e a suplementação dietética com leucina não teve efeito sobre o conteúdo de gordura intramuscular enquanto que a suplementação com arginina a reduziu.

Tous, Núria, Rosil Lizardo, Borja Vilà, Marina Gispert, Maria Font-i-Furnols, and Enric Esteve-Garcia. 2017. Addition of arginine and leucine to low or normal protein diets: performance, carcass characteristics and intramuscular fat of finishing pigs. Spanish Journal of Agricultural Research 14, No. 4: 0605. https://doi.org/10.5424/sjar/2016144-9351

Artigos relacionados

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags