Leia este artigo em:

"Double nursing" como lactação alternativa em porcas hiperprolíficas

As porcas "dupla lactantes" (DNS) alimentam dois grupos de leitões em par desde aproximadamente 12 a 24 horas após o parto e até ao desmame.

3ª feira 6 Março 2018 (há 6 meses 13 dias)
gosto

As porcas hiperprolíficas produzem mais leitões que os que podem amamentar, uma vez que o nº de mamas produtoras de leite é menor (de doze a dezasseis) que o número de leitões nascidos vivos por ninhada. Para minimizar a mortalidade dos leitões lactantes, o tamanho da ninhada nas 24 horas após o parto não deve exceder a quantidade de mamilos funcionais da porca. As estratégias para amamentar ou alimentar adequadamente o excedente de leitões depois das 24 horas são limitadas e estão restritas principalmente à lactação destes leitões por parte de outras porcas (adopção), fornecimento de substitutos de leite (fórmula) ou desmame precoce e a alimentação com fórmulas.

Este artigo descreve o desenho e aplicação de uma estratégia chamada "double nursing" (DN), através da qual uma porca amamenta simultaneamente desde o nascimento até ao desmame.

As porcas "duplo lactantes" (DNS) alimentam dois leitões em par desde aproximadamente 12 a 24 horas após o parto e até ao desmame. Os dois grupos correspondem-se na idade e número de leitões. Um grupo consiste na própria ninhada nascida da DNS e o outro grupo consiste na ninhada inteira de outra porca chamada porca doadora. A porca doadora está disponível para os leitões que sobram do mesmo lote de partos. Durante a lactação, as porcas DNS são alojadas em parques de parto standart. A dupla lactação terá início depois de os leitões de ambas as ninhadas terem ingerido colostro da sua própria mãe. Um grupo está alojado na caixa de partos da porca DNS, enquanto que o outro grupo está alojado separadamente num pequeno parque com uma fonte de calor, um bebedouro de chucha e leite de fórmula num comedouro. Duas vezes por dia, de prefeência a cada 12 horas, trocam-se ambos os grupos. As porcas seleccionadas para actuar como DN devem cumprir os seguintes criterios: 1) porcas com dois ou mais partos, 2) úbere bem desenvolvido com um mínimo de catorze mamilos, 3) comportamento calmo e maternal.

O estudo comparou, durante um período de três anos a mortalidade dos leitões e os parâmetros reprodutivos das porcas que amamentaram as duas ninhadas com as que amamantaram apenas uma ninhada.

Na exploração estudada a estratégia de dupla lactação foi dada como sendo uma estratégia bem sucedida. As porcas DNS tiveram uma menor mortalidade dos leitões, apesar da dupla estratégia de lactação. Os efeitos negativos sobre a reprodução demonstraram ser limitados, houve um efeito negativo no tamanho da ninhada em ninhadas subsequentes, mas não houve um efeito significativo no intervalo desmame-cobrição.

Manon A. M. Houben, Tijs J. Tobias and Manon M. C. Holstege. The effect of double nursing, an alternative nursing strategy for the hyper-prolific sow herd, on herd performance. Porcine Health Management 2017 3:2. https://doi.org/10.1186/s40813-016-0050-1

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags