Leia este artigo em:

Comportamento pré-parto de porcas em parques e jaulas de parto

O objectivo deste estudo foi investigar se a actividade pré-parto (nidificação e alterações posturais) poderia prever o comportamento materno às 24 horas pós-parto, a mortalidade de leitões e aumento do peso corporal (PC) em porcas alojadas em parques e jaulas de parto.

3ª feira 22 Outubro 2019 (há 1 meses 23 dias)
gosto

No período de 24 horas antes do parto, as porcas estão mais activas devido ao comportamento de preparação do ninho.

O objectivo deste estudo foi investigar se a actividade pré-parto (nidificação e alterações posturais) poderia prever o comportamento materno às 24 horas pós-parto, a mortalidade de leitões e aumento do peso corporal (PC) em porcas alojadas em parques e jaulas de parto.

As porcas foram alojadas aleatoriamente em parque (n = 20) ou jaula (n = 18). O comportamento de preparação do ninho antes do parto e as mudanças posturais foram analisadas 24 horas antes do nascimento do primeiro leitão (NPL) e divididas em doze intervalos de 2 horas. Foi determinada a latência da primeira amamentação até o nascimento do último leitão. Os acessos ao úbere e a sucção dos leitões foram observados em intervalos de 5 minutos, por amostragem 1/0, durante as primeiras 24 horas após a NPL. O aprisionamento, esmagamento e mortalidade total de leitões nascidos vivos foram medidos durante as primeiras 72 horas após a NPL. O ganho de PC dos leitões foi estimado 24 horas após a NPL.

O aumento na nidificação PRE observado 2 h antes da NPL foi associado a menos intervalos de amamentação em jaulas, mas não em parques, bem como a um aumento nas mudanças posturais durante o parto em ambas as acomodações. Foi evidenciada uma ligação entre acomodação e mudanças posturais do PRE. O aumento no número de PRE posturais muda 2 h antes da NPL foi associado a uma menor incidência de acesso ao úbere em jaulas, mas não em parques. Uma maior probabilidade de aprisionamento de leitões foi associada a um aumento na nidificação de PRE em 2 a 4 h antes da NPL. Não houve relação significativa entre nidificação e alterações posturais do PRE e o ganho de PC e a mortalidade de leitões.

Estes resultados sugerem que o aumento da actividade da porca 2 h antes do parto está associado a menos sucção e menos acesso ao úbere em jaulas de parto, mas não em parques. Isso sugere que o mesmo comportamento das porcas pode ter consequências diferentes em parques e jaulas. Devem ser concentradas pesquisas futuras na actividade de nidificação, sua relação com indicadores endócrinos (por exemplo, ocitocina, cortisol) antes do parto e seus possíveis efeitos duradouros nos comportamentos maternos subsequentes e na produção de leitões.

G. Illmann, H. Chaloupková, M. Melišová. Impact of sow prepartum behavior on maternal behavior, piglet body weight gain, and mortality in farrowing pens and crates. Journal of Animal Science, Volume 94, Issue 9, September 2016, Pages 3978–3986, https://doi.org/10.2527/jas.2016-0329

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags