mantenha-se informado com o canal rss da secção

Quinzenalmente publicamos o comentário de um especialista em suínos

1 comentários

A produção de porcos no Brasil: exportação, custos de produção e perspectivas (2/2)

21-Jul-2010 (há 4 anos 3 meses 2 dias)

Luciano Roppa. Provimi América Latina. Brasil



O Brasil é o principal exportador mundial de carne
O Brasil é o quarto maior produtor mundial de carnes e é o primeiro exportador. Ostenta esta posição de liderança desde 2007 e reflecte todos os esforços realizados pelos produtores brasileiros e o governo na área da genética, nutrição, gestão e atenção aos padrões mundiais de qualidade. Como podemos ver na tabela 5, o Brasil é o maior exportador de carne de aves e bovino, e o quarto exportador de carne de porco.

Tabela 5 – Principais exportadores mundiais de carne, 2008 (milhões ton).

  Bovino Porco Aves Total
Brasil
2,150 0,529 3,850 6,529
EUA
0,836 2,300 3,200 6,236
EU-27 0,100
1,300 0,773 2,173
Canadá 0,406
0,914 0,180 1,500
Austrália 1,295 0,043 0,033 1,371

Brasil: exportações de porco
As exportações brasileiras de suíno tiveram um importante crescimento durante os últimos anos, devido à excelente competitividade do nosso produto no exterior. Como pode ver-se no gráfico 5, em 1997 o Brasil exportou 64.000 toneladas e foi só o oitavo exportador mundial. Em 2008, com 529.000 ton exportadas, o Brasil confirmou a posição obtida desde 2002 como o quarto exportador mundial, só atrás dos Estados Unidos, da União Europeia e do Canadá.

Gráfico 5 – Evolução das exportações de suíno brasileiras (milhares de toneladas).


As exportações representam 17,3% do total de carne de suíno produzida no nosso país. Em 2008, Rússia era umo dos principais importadores de suíno brasileiro, recebendo 42% do total (tabela 6). Esta dependência das compras russas foi maior no passado, quando chegou a constituír 75% das exportações. A constante redução desta dependência é o resultado de um sério esfuerço do governo e de ABIPECS na procura de novos mercados.

Tabela 6 – Exportações de suíno brasileiro por país (volumes e vendas), 2008

País Quantidade, ton %   País US$, Milhares %
Rússia 225.792 42,65   Rúsia 741.524 50,13
Hong Kong 108.176 20,43   Hong Kong 236.061 15,96
Ucrânia 49.363 9,32   Ucrânia 135.847 9,18
Argentina 25.003 4,72   Argentina 68.172 4,61
Singapura 22.008 4,16   Singapura 63.945 4,32
Angola 21.834 4,12   Angola 49.185 3,33
Moldávia 16.855 3,18   Moldávia 42.305 2,86
Uruguai 10.458 1,98   Uruguai 26.173 1,77
Outros 37.515 9,43   Outros 86.816 7,85
Total 529.418 100,00   Total 1.479.242 100,00

Exportações: a principal causa do aumento da produção de suíno no Brasil
Durante o período 2000 a 2008, a produção brasileira de suíno aumentou 19,5% mas o consumo interno só aumentou 3,9%. As principais causas do aumento da produção foram as exportações para mais de 70 países. O total exportado aumentou 316%, uma média de 39,5% por ano.
Boa qualidade do produto e baixo custo foram os principais factores deste agressivo aumento.

Gráfico 6 – Evolução da produção, consumo e exportações brasileiras de suíno (milhares de toneladas).



Custos de produção brasileira de suínos, Dezembro de 2008
A tabela 7 mostra o custo de produção de suínos. Em geral, o custo da alimentação representa 70% dos custos totais de produção e os assim chamados “outros custos” (trabalho, energia, impostos, medicamentos, etc.) os 30% restantes. O custo total da alimentação, em Dezembro de 2008, era de 62,44 Euros e os outros custos eram de 18,76 Euros. O custo total de produção (soma da alimentação mais os outros custos) foi de 81,20 Euros por porco de 105 kg vivo. Se dividirmos o custo total por kg vivo, concluímos que o custo por kg. vivo era de 0,77 Euros.

Tabela 7 – Custo de produção suína brasileira, Dezembro de 2008.
 

Alimentação Consumo Custo da alimentação (Euros/kg) Custo total (Euros)
Pré-iniciação 1
1,4 kg 0,87 1,22
Pré-iniciação 2 3,0 kg 0,63 1,89
Iniciação 1 7,0 kg 0,44 3,08
Iniciação 2 21,0 kg 0,25 5,25
Crescimento 90,0 kg 0,20 18,00
Acabamento
110,0 kg 0,18 19,80
Porca e porco 60,0 kg 0,22 13,20
Total custo alimentação (70%)
- - 62,44
Outros custos (30%)
- - 18,76
Custo total * - - 81,20

(*) Custo total por porco de 105 kg vivo (Custo/kg vivo = Euros 0,77)

Principais produtores brasileiros de porcos, 2004 a 2007
A tabela 8 mostra o nome dos principais produtores de porcos do Brasil e a sua evolução no número de cabeças durante o período 2004 a 2007. Todos eles têem boas integrações localizadas no sul do país e alguns deles com novos projectos na região centro-oeste.

Tabela 8 – Principais produtores brasileiros de porcos e seu crescimento de 2004 a 2007 (em milhões de cabeças)
 

  2004 2007 %
Sadia
3,523 4,556 29,3
Perdigão
3,183 3,649 14,6
Aurora
2,255 3,036 34,6
Alibem
0,558 1,541 176,1
Seara
1,501 1,482 - 1,2
Riosulense
1,100 1,131 2,8
Frangosul
0,662 0,820 23,8
Frimesa 0,341 0,640 87,6

Que podemos esperar do Brasil no futuro próximo?
As perspectivas de crescimento da produção de carne no Brasil resumem-se na tabela 9. De acordo com o Ministério da Agricultura brasileiro, a produção suína aumentará desde os actuais 3,054 milhões de ton até aos 4,3 milhões de ton em 2018, com um aumento de 38,7%. A carne de aves aumentará 56,7% e a carne de bovino 49%.

De acordo com a OCDE/FAO, no mesmo período a produção suína mundial aumentará 21,8%, a avícola 21,5% e a bovina 18,6%. Se comparamos as duas perspectivas, podemos ver que a produção de carne aumentará mais do dobro no Brasil que no resto do mundo.

Tabela 9 – Perspectivas de crescimento da produção mundial e brasileira de carne, 2008 a 2018 (milhões de ton).
 

  2008 2018 Brasil,% Mundo, %
Aves 11,1 17,4 56,7 21,5
Bovino 10,4 15,5 49,0 18,6
Suíno 3,05 4,3 38,7 21,8

Em relação às exportações, as perspectivas brasileiras resumem-se na tabela 10. De acordo com o Ministério da Agricultura brasileiro, as exportações de porcos aumentarão desde as actuais 529.000 ton para 1,2 milhões ton em 2018, com um aumento de 126%. As de aves aumentarão 71,4% e as de bovino 113,9%.

Tabela 10 – Perspectivas de crescimento das exportações brasileiras de carne, 2008 a 2018 (milhões de toneladas.
 

  2000 2008 2018 2018/2008, %
Aves
0,916 3,850 6,600 + 126,0
Bovino
0,630 2,150 4,600 + 113,9
Porco
0,128 0,529 1,200 + 71,4
Total 1,674 6,529 12,400 + 89,9

Os peritos opinam

Produção suína nas Filipinas (2/2)04-Ago-2010 há 4 anos 2 meses 19 dias

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3

Elisandro de Matos20-Jan-2012(há 2 anos 9 meses 3 dias)



Bom dia, eu sou Elisandro de Matos

Represento a empresa frescangol de Angola em Benguela, e gostaria que agrocarnes fornessece-nos uma factura proforma com todos os vossos produtos seja carne bovina, suina,frangos, galinha ,coxas de frango e peixe os precos em real e convertidos em dolares americanos (caixa e kilos) com valor do frete, e se o frete inclui seguro, e se a entrega e' na respectiva empresa e quanto tempo faz o navio ate ao local (Angola-Benguela no porto do Lobito.) Gostaria que mandassem ainda hoje a factura.
Urgencia

cntt:+244 923 359 554
+244 933 205 684

Insere um novo comentário

captcharecarregar

tags